Crônicas da Cidade

MEU ISOLAMENTO

“Sem aviso, o vento vira uma página da vida.” Helena Kolody Quando estou triste saio de mim, dou uma revoada sobre as árvores, na sombra…

Compartilhe:






DOMINGO DE CARNAVAL

A cidade está vazia, completamente a sós com ela mesma. As ruas estão disponíveis, sem preocupação de cuidar de quem está a nossa frente e…

Compartilhe:

BASTA

Decidi que em 2.020 ficarei imune até o resto de minha vida de todos os avanços tecnológicos que inventaram nestes últimos vinte anos. Vou escrever…

Compartilhe:

Você nunca conseguirá

Você nunca conseguirá, por mais que eu queira, entrar completamente, de vez, no âmago, no escondido coração de alguém. Este recôndito não lhe pertence, nem…

Compartilhe: