Crônicas da Cidade

SEM DIZER ADEUS…

Antes de ir embora, tu poderias ter-me dado adeus, mesmo no silêncio das noites calmas que não sugerem partidas… Eu ouviria! Mas antes de ir…

Compartilhe: