Você tem muitas dores de cabeça? Já procurou um dentista?


As dores de cabeça frequentes e até mesmo diárias devem ser sempre verificadas em diferentes especialidades da área de saúde, principalmente porque muitas vezes são muito difíceis de serem corretamente diagnosticadas tendo em vista as centenas de causas dessa terrível dor.·.

Apesar de parecer óbvio, a procura também por um dentista nesses casos nem sempre acontece, pois não se costuma ter uma orientação médica e até mesmo odontológica para o paciente de que essa dor possa vir de toda a região da face, que inclui a ATM, dentes, maxila, mandíbula, seios maxilares, etc.

É muito comum o paciente só nos procurar depois de já ter tentado de tudo e não ter conseguido resolver seu problema, tomando medicação sem o resultado esperado. Neste caso, devemos verificar primeiramente as condições dos dentes deste paciente para encontrarmos a possível causa da dor, eliminando focos como as cáries, periodontites (doença da gengiva), problemas endodônticos (canal). Devemos ainda avaliar as condições das próteses quando estas existem, observar gânglios infartados, etc. Após eliminarmos os possíveis focos de origem dentária, partimos para uma segunda etapa que consiste em avaliar as condições da oclusao, observando o posicionamento dos dentes, ATM e medidas da face.

Um equilíbrio dentário correto é fundamental para a estabilidade articular e muscular do paciente. Essas condições são particulares, devem ser diagnosticadas por profissionais e tratadas através de trabalhos multidisciplinares dirigidos a cada caso que em geral envolvem ortodontia, estética e prótese, dentre outros.

Por exemplo, a DTM (Disfunção temporomandibular) está intimamente ligada ao aparelho mastigatório. Pode ter diversas causas, tais como: problemas emocionais, hormonais, locais, anatômicos e parafuncionais que são as atividades danosas ao sistema mastigatório e aos dentes, sendo a mais comum dela o bruxismo que é o ato de ranger os dentes durante a noite.

As maloclusões dentárias (posições incorretas dos dentes) também são desencadeantes das dores nas articulações temporomandibulares que tem sido associada a dores de cabeça desde os anos 60.A evolução cientifica avança a cada dia e novas descobertas surgem buscando sempre devolver uma oclusão funcional e com saúde para o sistema mastigatório, preservando todo sistema muscular, ósseo e dentário.

Temos obtido sucesso em muitos casos com a instalação de placa mio relaxante, aplicação de Botox, ajustes oclusais, devolução da dimensão vertical, troca de prótese total muito desgastadas, tratamento ortodôntico com a técnica adequada a cada caso. Assim, o paciente volta a ter qualidade de vida, quase sempre abandona o uso de medicamentos ou diminui consideravelmente seu uso.

Colaboração: Dr. Wagner Destéfano

Cirurgião Dentista – CRO 10637

Compartilhe: