Universidade está mobilizada com ações para o enfrentamento do COVID-19

Algumas iniciativas muito positivas no enfrentamento desta pandemia vem sendo organizada por diversos seguimentos da sociedade e a Universidade Estadual de Maringá, também faz parte dessa corrente positiva onde esta semana a reitoria com os demais membros da direção da instituição determinaram uma série de ações que vão impactar positivamente nesse momento.

Um Comitê gestor para essas ações já foi formado e já vem trabalhando em cima de algumas decisões já tomadas, como por exemplo fazendo parte hoje das reuniões da AMUSEP, associação que reúne 30 municípios da região de Maringá.

Uma das principais metas foi a conclusão do Hospital Universitário (HU) para aumentar o número de leito, nesse sentido uma campanha para arrecadação de recursos vem sendo realizada, o que já resultou na ampliação em 20 leitos de UTI.

Foi montado um grupo de apoio de apoio psicológicos para atendimento a pessoas que vem sofrendo muito stress devido ao isolamento domiciliar.

Uma ampla campanha de doação de sangue para abastecer o banco de sangue que se encontra com estoques muito baixos.

A farmácia escola começou a produzir álcool gel para uso da UEM.

A UEM também foi procurada pela FACIAP para ajudar no retorno das atividades comerciais e empresariais. Levando em conta que o isolamento é necessário nesse momento, a universidade encaminhou professores das áreas de Contábeis e Economia para compreender a situação dessas empresas e tentar junto a associações comerciais e demais órgãos ações que ajudem as empresas neste momento tão delicado.

A UEM e a UEL lutaram para que a SESA as autorizasse a ajudar na realização dos testes do coronavírus. O que está semana ainda já foi encaminhada pelo Governo do Estado, e que poderá resultar em mais de 700 exames diários feitos com a ajuda dessas instituições.

Cada campus esta sendo mobilizado a colaborarem nessas ações. Alguns já começaram a produção de álcool em gel. E o Campús de Cianorte está mobilizado na confecção de máscaras.

Fonte: Portal da Cidade Cianorte

Compartilhe: