UEM faz parte do Programa Redes Digitais da Cidadania

tecnoO Programa Rede Digital da Cidadania investirá mais de R$ 23 milhões para coordenar e desenvolver ações de inclusão digital que possibilitem qualificar o uso da internet e ampliar as capacidades no uso das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). O projeto é do Ministério das Comunicações, por meio da Secretaria de Inclusão Digital, que firmou parceria com secretarias estaduais de ciência e tecnologia, universidades e fundações de apoio à pesquisa de onze Estados. O objetivo é ampliar o acesso à internet por meio da capacitação da população em utilizar as ferramentas de Tecnologias da Informação e da Comunicação. A UEM teve seu projeto aprovado pela Fundação Araucária/Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Paraná, com o tema sobre a Capacitação de Micro e Pequenas Empresas no Uso das TICs.

Coordenado pelo professor Marcelo Farid, envolve os departamentos de Economia e Engenharia de Produção da UEM, com apoio técnico dos professores Edwin Galdamez e Gislaine Leal. O objetivo geral é fortalecer a competitividade de pequenas e micro empresas por meio do uso de ferramentas das TICs para promoção de produtos e serviços, possibilitando para as empresas uma melhor apresentação e forma de divulgação da empresa pela internet. O projeto recebeu recursos para aquisição de equipamentos e para bolsas para quatro estudantes de graduação e uma bolsa para mestrando.

Para Farid, o modelo de trabalho e a maneira de se comunicar dos dias atuais requerem que os empreendedores estejam minimamente inseridos no contexto tecnológico, para que possam usufruir dos serviços e benefícios disponíveis como para garantir qualidade de produtos e serviços aos consumidores. “Hoje, com o avanço das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), há uma maior interatividade dos usuários configurada pelos espaços virtuais. As TICs são um instrumento para a competitividade e lucratividade das empresas, no entanto ainda estão excluídas de muitas empresas brasileiras”.

Na UEM, o projeto é desenvolvido por meio da Incubadora Tecnológica de Maringá junto com a empresa incubada Echotech, que oferecerá um serviço gratuito para as empresas divulgarem seus produtos e serviços. Segundo os fundadores da empresa, “com o crescente hábito das pessoas pesquisarem produtos na internet antes de efetuarem uma compra e os atuais problemas de tráfego, locomoção, vagas de estacionamento das cidades e a falta de tempo no dia-a-dia da população, o software RedeVitrine.com facilita, por meio da internet, localizar o que deseja no comércio da sua própria cidade. Desta forma, fomentamos o comercio local, ajudando os empresários na divulgação dos produtos oferecidos por sua empresa e na captação de novos clientes, fazendo com que os consumidores adquiram produtos de sua cidade”.

Texto: UEM/ASC / Imagem ilustrativa

Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "UEM faz parte do Programa Redes Digitais da Cidadania"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*