Três pessoas invadem residência no Morada do Sol e são presos em flagrante pela PM

Na noite desta última quarta-feira (03), por volta das 19h, policiais militares receberam informações, via Central de Comunicações, que moradores da Rua José Garcia, bairro Morada do Sol, teriam visualizado pessoas desconhecidas adentrando em uma residência e, na sequência, passaram a escutar alguns gritos, choros e pedidos de socorro.

Após o recebimento da ocorrência, imediatamente foi deslocado com brevidade até o endereço e, logo na chegada, a casa foi cercada. Foi iniciada a verbalização, ocasião em que não houve resposta. Assim, os militares insistiram com a ordem, novamente ignorada, momento que foi visualizada a movimentação de pessoas aparentemente amarradas com as mãos para trás.

Percebendo a evidente situação de crime, foi realizado o adentramento tático e, ao iniciar o deslocamento, no interior do quintal, foi novamente verbalizado, momento em que autores começaram a sair da casa pela porta do fundo, utilizando como escudo 02 (duas) vítimas, ambas amarradas por braços e pernas, sendo ameaçadas com facas que eram empunhadas em seus pescoços.

Foi emanada a voz de abordagem e determinado para que os indivíduos se rendessem e deitassem ao solo e, após alguns minutos, foi acatado por eles. Com o ambiente externo dominado, foi iniciada a entrada na casa, sendo todos os ambientes vistoriados e mais nenhuma pessoa encontrada.

Depois da contenção, os autores foram identificados: sendo, duas mulheres (31 e 25 anos) e um homem de 36 anos. Com a mulher de 31 anos foi localizada 01 (uma) faca de cozinha, com cabo de madeira e lâmina de aproximadamente 15 cm. Ainda, no interior de sua calça, foi encontrada a chave da caminhonete S10, veículo que estava estacionado na garagem do domicílio. Com o homem, foi recolhida e apreendida uma faca de serra de aproximadamente 20 cm, que havia sido arremessada no momento de sua rendição. E, por fim, com a cidadã de 25 anos, nada foi achado.

Ainda no local, os militares tranquilizaram e desamarram as vítimas, sendo mãe e filha (42 e 18 anos) que informaram que ouviram um barulho no portão, momento em que um indivíduo teria invadido a casa pulando a janela da sala. Em seguida mais duas mulheres teriam entrado pela porta do fundo. As vítimas foram mantidas em cárcere e ameaçadas de morte, sendo exigidos bens de valores, pertences, chaves da caminhonete e motocicleta, sempre utilizando de agressões psicológicas e físicas.

Os policiais constataram que os cômodos estavam todos revirados e que na sala havia 03 (três) mochilas e 01 (uma) mala com diversos objetos, todos já acondicionados para serem colocados na caminhonete e levados.

Diante dos fatos, os autores receberam voz de prisão e foram encaminhados, juntamente com os materiais apreendidos, para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Comunicação Social da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse