Ter ética também é cuidar do meio ambiente, diz controlador

A Escola Estadual Dom Pedro II, na área rural de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, ficará mais arborizada. Na segunda-feira (23), pelo Programa Paraná Mais Verde, de arborização rural e urbana, o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira, e a chefe do Núcleo Regional de Educação da Área Metropolitana Sul, Chayane Callegalim Rocha, plantaram uma árvore na instituição de ensino.

A irmã Genoveva Nieradka, administradora da escola no período vespertino, recepcionou Siqueira, junto com alunos do 9.º ano. “Hoje, não podemos falar em ética e integridade sem levar em consideração o mundo que vamos deixar como legado. Trabalhar para um futuro sustentável é o mínimo que devemos fazer para garantir às novas gerações condições de vida saudável”, disse o controlador-geral.

FUTURO

Raul visitou as dependências da escola e recebeu um lanche feito pelas merendeiras. Ele disse que o plantio de árvore em escolas, como é a proposta do programa do Governo do Estado, tem significado além da preservação da natureza. “Assim como a planta precisou ser plantada e necessitará de cuidados para crescer em sua plenitude, essas crianças têm na escola um espaço próprio para seu amadurecimento e cabe a nós, adultos, cuidarmos para que elas desenvolvam suas potencialidades”, afirmou.

No final do dia, todos os alunos da escola receberam uma muda de árvore nativa para plantar em casa. São 413 mil mudas de espécies nativas do Estado levadas às 2.146 escolas da rede pública estadual, nos 399 municípios paranaenses. O programa pode chegar a 700 mil novas árvores com a participação, no plantio, de órgãos estaduais e municipais e da comunidade.

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior afirmou que o Paraná Mais Verde é uma demonstração da estratégia do Governo de aliar desenvolvimento ambiental, econômico e social. Cada secretário de Estado e dirigente de autarquias adotaram uma escola para plantar a muda, em alusão ao Dia da Árvore, celebrado no sábado (21), e também o início da Primavera.

ESPÉCIES

As mudas são provenientes dos 19 viveiros mantidos pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que produz cerca de 100 espécies nativas, inclusive as ameaçadas de extinção como Imbuia, Araucária e Peroba Rosa. Os viveiros ficam nos municípios de São José dos Pinhais, Morretes, Fernandes Pinheiro, Paulo Frontin, Guarapuava, Pato Branco, Salgado Filho, Toledo, Cascavel, Pitanga, Imbaú, Ivaiporã, Umuarama, Campo Mourão, Mandaguari, Ibiporã, Cornélio Procópio, Jacarezinho e Paranavaí.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: