Tecpar lança edital para projetos de testes rápidos de Covid-19 e doenças tropicais

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) lançou um edital de chamamento público para prospecção de projeto de kits de diagnóstico rápido para detecção da Covid-19 e doenças tropicais negligenciadas, a fim de abastecer o mercado público de saúde brasileira. Dentre as doenças estão dengue, chikungunya, raiva e leishmaniose.

O requisito principal é que o produto seja inovador e possa ser produzido em plataforma tecnológica única, ou seja, que por meio de investimento único seja possível a fabricação de diferentes produtos. O documento está disponível no site do Tecpar ou diretamente AQUI.

Com o edital, o Tecpar busca selecionar a melhor proposta que contemple diagnósticos, triagem e monitoramento do tipo Point of Care Testing (POCT). São as testagens rápidas, realizadas em pontos de atendimento como consultórios médicos, farmácias, hospitais, pronto atendimento, home care e laboratórios, entre outros locais próximos ao paciente.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, afirma que esta é mais uma ação estratégica do instituto para fortalecer o Complexo Econômico-Industrial da Saúde do País e ampliar a oferta de novos produtos para fornecimento ao Sistema Único de Saúde (SUS).

“Em meio às novas demandas atuais na área de saúde, o Tecpar segue cumprindo seu papel de laboratório público oficial, trabalhando constantemente para identificar, selecionar e apoiar o desenvolvimento de novas pesquisas, projetos e tecnologias voltados para indústria da saúde”, afirma Jorge Callado.

O Tecpar é um centro de referência de tecnologias estratégicas para SUS, dentro da política do Complexo Econômico-Industrial da Saúde do Ministério da Saúde. O programa tem por objetivo apoiar a política de saúde brasileira e promover o desenvolvimento sustentável nacional.

OUTRAS DOENÇAS

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as Doenças Tropicais Negligenciadas (DTNs) são enfermidades transmissíveis que incidem em 149 países tropicais e subtropicais. Todas têm em comum o fato de estarem diretamente associadas à condição de pobreza das pessoas afetadas. No edital do Tecpar, as DTNs consideradas são dengue, chikungunya, raiva e leishmaniose.

TESTES RÁPIDOS

Os diagnósticos do tipo Point of Care Testing possibilitam atendimento mais rápido ao paciente, detectando doenças, condições ou infecções de forma descentralizada e eficaz. Isso amplia o acesso à primeira etapa da linha de cuidado, a do diagnóstico e da prevenção.

A mobilidade também facilita sua utilização em locais e momentos específicos de alta demanda, como em situações de surtos, epidemias ou programas de saúde pública. Além disso, aceleram o processo de investigação e encurtam o tempo para tomada de decisão clínica, prevenindo doenças futuras.

CRITÉRIOS

Os projetos apresentados passarão primeiramente por análise de mérito e os aprovados seguirão para classificação, na qual serão avaliados conforme seu grau de maturidade de desenvolvimento da pesquisa. Para comprovar o nível de maturidade exigido no edital, o interessado deve apresentar o protótipo já finalizado (desenvolvido e validado em laboratório) e pronto para iniciar as fases de validação clínica.

Na etapa final do desenvolvimento, o Tecpar participará ativamente por meio da avaliação dos requisitos para validação clínica ou teste de desempenho para aprovação regulatória e registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As próximas fases do projeto de pesquisa e desenvolvimento necessárias para atingir o mercado serão avaliadas após a validação e registro do produto.

PONTUAÇÃO

Para participar do chamamento público os interessados deverão protocolar suas propostas e documentação no endereço e data estipulados no edital, disponível AQUI. O prazo final para o envio das propostas é 6 de outubro.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Banner Edplants, Acesse