Solidariedade do rock repassa R$ 20 mil para entidade assistencial

paraiso bandas2paraiso bandas2O festival Paraíso do Rock já é tradição em bons shows e no clima de camaradagem que rolam nos dois dias de julho já há sete edições anuais. Mas um dos aspectos mais importantes é a parte social. O lucro do evento é destinado para a Associação de Proteção a Maternidade e Infância (APMI/CEMIC) de Paraíso do Norte. Esse ano serão R$ 20 mil conforme anunciou a organização. “A sensação é de extrema alegria, mais um ano de bom público”, comentou o organizador Beto Vizzotto. “Agradecemos aos nossos parceiros que nos ajudaram no sucesso do festival e também a fazer essa bonita ação social”.

O Paraíso do Rock 2014 foi realizado nos dias 25 e 26 de julho e contou com as bandas Bidê ou Balde (RS), Pelea de Gallos (Argentina), Los Porongas (AC), The Jalmas (RS) e as paranaenses Gripe Forte, Montanas Trio, Green Hell e Arama Farpado.
Outra atração foi o lançamento do livro “O bisbilhoteiro das galáxias”, do jornalista de O Estado de S. Paulo, Jotabê Medeiros. A organização do festival também adquiriu copias do livro para doar para bibliotecas da região.

O Paraíso do Rock agradece o apoio de: Caixa Econômica Federal, Itaipu Binacional, Raudi Industrias Químicas Sustentaveis, RPC TV, Radio Mundo Livre, Fertisolo Insumos Agrícolas, Coopcana, Radio Morena FM, Projeto Zombilly, Scatter Rock, Produtora Studio B e Prefeitura de Paraíso do Norte.

DEPOIMENTOS
“Estar no Paraíso do Rock foi uma honra. Nos sentimos em casa com as pessoas cantando as nossas músicas”, César Timm, vocalista do The Jalmas. A banda gaúcha foi uma das revelações do evento com a música “Sou bandido” sendo o hit do primeiro dia, cantada em coro pelo público.

“Uma cidade empenhada em realizar um festival que traz bandas do Brasil inteiro e de outros países e jornalistas. É gente se encontrando e  se conhecendo para encontrar alternativas para dar sentido á vida da gente que é a arte”, Diogo Soares, vocalista do Los Porongas, banda de Rio Branco, no Acre, a 1,2 mil quilômetros de Paraíso do Norte.

“Fizemos muitos contatos e a expectativa é que rendam bons frutos daqui para frente. Tocar no mesmo festival que uma banda que já tem mais de 15 anos de estrada faz com que tenhamos foco e persistência”, Thiago Guglielmi, guitarrista e vocalista do Montanas Trio, banda novata de Maringá.

 Texto e fotos: Andye Iore

Compartilhe: