Série D: Contra o Madureira, Cianorte martela mas empata em casa

Cianorte e Madureira empataram em 0 a 0, na tarde deste último domingo, 27 de junho, no Estádio Albino Turbay, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo foi marcado pela re-estreia dos atacantes Rodrigo Alves – o melhor em campo – e Lucão.

O JOGO

A partida começou quente, com o Leão do Vale tendo o controle do jogo. Mas quem teve a primeira oportunidade foi o time carioca, com Romário; Bruno fez grande defesa.

Na sequencia, Buba teve ótima chance, em lance duvidoso do goleiro Lucas com o lateral Patric Calmon. O arqueiro saiu atrasado e acabou atingindo o jogador do Cianorte, que mesmo assim fez o cruzamento. O árbitro o lance como normal; a bola sobrou na área para o camisa 11, mas o cabeceio saiu fraco e o zagueiro tirou em cima da linha.

O segundo tempo veio e, junto, um Cianorte mais agressivo. Morelli, logo aos 6″, deixa Erick Salles em boas condições de finalizar, mas a bola bate no travessão.

O técnico João Burse promoveu as entradas de Tales, Rafael Carvalheira, Lucas Duni e Lucão; nas vagas de Patric Calmon (machucado), Buba, Erick Salles e Escobar.

Rodrigo Alves e Léo Porto continuavam infernando a zaga de amarelo, mas precisou da sorte e da eficiência de seu goleiro, que fez pelo menos duas ótimas defesas em chutes de fora da área.

Lucas Duni em lance o zagueiro do Madureira, Marcão, tomou uma cotovelada e o árbitro entendeu que também ouve agressão do atleta cianortense, expulsando os dois.

Lucas, em ótimo passe de Rodrigo Alves, finalizou bem. E o goleirão fez novamente boa defesa, garantindo o empate.

“Nossa ideia era ter um time mais leve, pra ganhar mais volume e isso aconteceu. Criamos boas chances. Foi um bom jogo, sinto evolução. Preciso fazer ajustes e isso é uma necessidade pra agora”, declarou o técnico João Burse.

RUMO A PORTUGAL

O atacante Pachu acertou sua transferência para o futebol português. Com 25 anos, o atleta jogará fora do Brasil pela primeira vez, pelo Trofense, da chamada Segunda Liga – a segunda divisão.

No Leão do Vale, Pachu anotou 7 gols na temporada, dos 17 jogos que entrou jogando. Em Cianorte, o artilheiro chegou no final de janeiro e, mesmo já estando acordado com o novo clube, fez questão de fazer a última partida contra o Bangu, no ultimo domingo, balançando as redes no empate em 1 a 1.

“Estou indo para lá (Portugal) para realizar um sonho de jogar na Europa. É uma grande oportunidade”, disse Pachu. “Quando surgiu a oportunidade de vestir a camisa do Leão, gostei muito do projeto. É um time muito estruturado. Não tenho dúvidas que logo conseguirá o acesso. Saio muito feliz e grato por tudo que vivi aqui. Estarei sempre na torcida pelo Leão, não só eu, mas toda a minha família”, completou.

O Cianorte FC agradece imensamente toda a dedicação do atleta no período em que esteve junto ao clube e deseja muito sucesso na sequencia da carreira.

Fonte: Assessoria Cianorte Futebol Clube

Banner Edplants, Acesse