Seguem abertas as inscrições para conselheiros tutelares em Cianorte

Pleito visa o preenchimento de cinco vagas para o quadriênio 2020/2023

Os interessados em participar das eleições que vão definir os novos conselheiros tutelares de Cianorte podem se inscrever até o dia 06 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h, na Sala dos Conselhos da Secretaria Municipal de Assistência Social, localizada na Praça Olímpica Marcos Danilo Padilha n.º 236, na Zona 04. No total, são cinco vagas e para concorrer é preciso estar enquadrado em requisitos legais como ser maior de 21 anos, residir em Cianorte há pelo menos dois anos, comprovar estar no gozo de seus direitos políticos, possuir carteira de habilitação no mínimo categoria “B”, entre outros. O deferimento das inscrições está previsto para 21 de maio e o início da campanha eleitoral em 25 de junho.

A eleição, que é conduzida pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), será realizada de forma concomitante em todo o país, no dia 06 de outubro (domingo), por meio do voto secreto e facultativo da população. Após homologação do resultado, os eleitos passarão pelas devidas capacitações e assumirão os cargos em 10 de janeiro de 2020 para o quadriênio (até 2023). A escala de trabalho é de 40 horas semanais, englobando plantões. Para isso, o conselheiro tutelar recebe a remuneração de R$ 3.716,11 que será reajustada conforme o índice anual concedido aos servidores municipais.

Todas as informações estão dispostas no Edital N° 01/2019, que trata das Eleições Unificadas para o Conselho Tutelar em Cianorte e está disponível no site do Município. Para acessá-lo, basta clicar no banner da página inicial (www.cianorte.pr.gov.br) ou direto pelo link <http://upload.cianorte.pr.gov.br/banners/2019/EDITAL%20CONSELHO%20TUTELAR(2).pdf>. “O conselheiro tutelar tem um papel de extrema importância. Sua missão é representar a sociedade na proteção e na garantia dos direitos de crianças e adolescentes, contra qualquer ação ou omissão dos responsáveis legais ou do Poder Público, que resulte na violação ou ameaça de violação do bem-estar infantojuvenil. Por isso, contamos com a inscrição de pessoas comprometidas com a causa”, destaca a presidente do CMDCA, Aline Vignoto.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe: