Sebrae prepara técnicos e produtores para obtenção do selo Susaf-PR

O Sebrae/PR com apoio da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), vai capacitar representantes dos municípios e pequenos empresários para a obtenção do Susaf-PR (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte no Estado do Paraná). O selo Susaf-PR permitirá a agroindústrias familiares, de pequeno porte e produções artesanais comercializar produtos como industrializados coloniais, derivados de carne, leite, pescado, ovos e mel, nos municípios do estado

Para que os pequenos negócios possam obter o selo, cada município deve aderir ao Sistema. Até agora, cinco cidades paranaenses já conseguiram: Francisco Beltrão, Cascavel, Santa Helena, Mauá da Serra e Salgado Filho. Para isso, é necessário cumprir uma série de requisitos e ações de inspeção sanitária e de fiscalização dos produtos. Para obter a certificação, os estabelecimentos devem estar registrados no Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e solicitar a indicação por meio deste Serviço (após a adesão do município). Somente os estabelecimentos que atendam às exigências legais serão indicados pelo Serviço de Inspeção Municipal.

A capacitação online para médicos-veterinários e fiscais dos municípios acontecerá em novembro. O conteúdo abordará boas práticas de fabricação de alimentos e Programas de Autocontroles, que incluem fatores ligados às condições sanitárias, ambiente, higienização e saúde, seleção de matérias-primas, controle de pragas e vetores, entre outros. A capacitação auxiliará os técnicos na avaliação dos estabelecimentos que requisitarem o selo.

Nos dias 27 e 28 de outubro, o Sebrae/PR realizará palestras de sensibilização para as prefeituras, gratuitamente, pelo link https://bit.ly/30BZMW2. No dia 29, será direcionado para empresários com explicações sobre o processo e as vantagens de adesão ao programa. As inscrições podem ser feitas no https://bit.ly/2HQTsmS. As capacitações seguem a metodologia do Selo Alimentos do Paraná, programa que atesta empresas de alimentos e bebidas que seguem padrões de segurança e de qualidade em seus processos.

Segundo a coordenadora estadual de agronegócios do Sebrae/PR, Maria Isabel Guimarães, as empresas que obtiveram o Selo Alimentos do Paraná possuem rígidos padrões de qualidade e segurança. Esses critérios também são exigidos pelo selo Susaf.

“Queremos encorajar os municípios a aderirem ao Susaf e oferecer as capacitações e os elementos necessários para que os empresários possam conquistar o selo, isso gerará mais emprego e renda para os produtores que poderão ampliar suas vendas, antes só podendo vender dentro do seu município e com o SUSAF, poderão vender para todo o estado do Parana”, ressalta.

Um dos empresários que possuem o Selo Alimentos do Paraná e que, recentemente, obteve o selo Susaf-PR é André Pasa, de Cascavel. A empresa iniciou o processo de adaptação dos processos e contou, nos últimos três anos, com o acompanhamento do Sebrae/PR. Segundo ele, as adequações para a obtenção do Selo Alimentos do Paraná serviram como base para a conquista do certificado do Susaf.

“Nós vínhamos fazendo um bom trabalho de implantação dos Programas de Autocontrole, manipulação de produtos, boas práticas de fabricação e treinamentos com colaboradores. Para a conquista do Susaf preparamos a documentação para mostrarmos que estamos aptos”, explica.

A gerente do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Adapar, Mariza Koloda Henning, afirma que o trabalho do Sebrae/PR ajudará a conscientizar os municípios sobre a importância do selo Susaf-PR e a capacitar os técnicos dos Serviços de Inspeção Municipais.

“Percebemos que os municípios tinham necessidades e alguns deles precisam apresentar melhorias para se adequar aos protocolos exigidos. Queremos que os municípios entendam a importância do selo para a geração de empregos e para o desenvolvimento dos pequenos negócios, além de oferecer alimentos mais seguros ao consumidor”, avalia Henning.

AVANÇO

O programa é destinado especialmente à agroindústria familiar e às de pequeno porte. Para que os estabelecimentos recebam o selo Susaf-PR precisam estar registrados nos SIM. Até então, se quisessem vender fora de seus municípios de origem, os estabelecimentos precisavam estar registrados no Serviço de Inspeção Estadual – SIP/POA. O decreto nº 4229, que regulamenta a lei que institui o Sistema, foi assinado em março deste ano pelo vice-governador Darci Piana.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sebrae/PR

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse