Saúde alerta sobre interdição de vegetais congelados

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou quinta-feira (23) resolução proibindo a distribuição e comercialização, em todo o território nacional, de lotes específicos de vegetais congelados. A interdição cautelar atinge embalagens de milho, vagem, ervilhas e outros vegetais congelados que apresentaram contaminação pela bactéria Listeria monocytogenes, que pode causar intoxicação alimentar e outras doenças.

Os produtos são importados da Europa, por diferentes empresas, e podem ser encontrados em diversos estabelecimentos do país. A Secretaria de Estado da Saúde alerta a população e reforça os cuidados com a fiscalização e inspeção das mercadorias.

O chefe da Vigilância Sanitária estadual, Paulo Santana, instrui as equipes de vigilância sanitária municipais para que intensifiquem as fiscalizações, orientem a população e proprietários de estabelecimentos comerciais, em especial supermercados, panificadoras, açougues e restaurantes para o risco dos alimentos contaminados.

“Quem adquir os vegetais deve ficar atento e verificar o número do lote, que deve estar impresso e bem visível na embalagem do produto. Também é importante conferir a data de validade e as condições do envase”, diz Paulo Santana.

Os comerciantes que tiverem os produtos interditados devem retirá-los da área de venda. Santana ainda orienta que se algum problema aparente for verificado é recomendado entrar em contato com a vigilância sanitária do município ou com a Ouvidoria Geral da Saúde pelo telefone 0800 644 4414.

O lote, marca e nome dos produtos podem ser conferidos clicando aqui. (http://www.imprensanacional.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/37974177/do1-2018-08-23-resolucao-re-n-2-262-de-20-de-agosto-de-2018-37974033 )

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná / Imagem Ilustrativa

Compartilhe: