Sanepar recebe Selo Sesi ODS 2020 por ações de desinfecção

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) recebeu nesta última quinta-feira (03) o Selo do Prêmio SESI ODS 2020 em reconhecimento ao Programa da Sanepar de Desinfecção no Entorno de Asilos e Hospitais durante a pandemia da Covid-19, na Categoria Ações de Prevenção e Controle.

O Selo, oferecido pelo Sistema Fiep e Sesi Paraná, é conferido à indústrias, empresas, instituições públicas, organizações da sociedade civil e instituições de ensino públicas e privadas que estão atuando na prevenção da Covid-19 e ações pós-pandemia, relacionadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), no Estado.

“O Programa mostra a preocupação da Sanepar com a saúde da comunidade, principalmente os mais vulneráveis atingidos por esta pandemia”, disse o diretor-presidente da companhia, Claudio Stabile.

Neste ano foram realizadas 2.750 ações de desinfecção em mais de 300 estabelecimentos em 137 municípios do Paraná. Estima-se que mais de 250 mil pessoas tenham sido beneficiadas pelo programa. Entendendo a relevância do trabalho para contribuir no combate ao coronavírus, em breve a empresa retomará as desinfecções em virtude do aumento dos casos da doença no Estado.

Com início em março deste ano, o trabalho teve como principal objetivo contribuir para a redução da contaminação de idosos, principal grupo de risco da doença, e auxiliar na segurança dos profissionais de saúde e de pessoas em tratamento. Ao longo do ano a ação foi ampliada e a chegou a outros locais vulneráveis, que sofreram com focos de contaminação, como aldeias indígenas e locais públicos de atendimento.

NA PRÁTICA

O trabalho foi feito por equipes próprias da Sanepar, com a aplicação de hipoclorito de sódio diluído nos acessos dos hospitais e instituições. O produto já usado nos sistemas de tratamento de água e de esgoto da Sanepar é um dos indicados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para limpeza e desinfecção.

As ações de desinfecção feitas da Sanepar tiveram a parceria da Polícia Militar, no isolamento da área e na segurança do trânsito, e da Secretaria de Estado da Saúde, que definiu os hospitais prioritários para receber a desinfecção.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Banner Edplants, Acesse