Sanepar monitora abastecimento de água em Cianorte

agua01A Sanepar está monitorando o abastecimento de água nos bairros de Cianorte. A alta temperatura que fez no final de outubro deixou algumas regiões sem água nos finais de semana, quando aumenta o consumo nas residências por haver mais pessoas em casa. Os problemas há duas semanas foram em razão do forte calor e seca, o que causou um aumento no consumo o que seria equivalente a dez anos com um aumento da população, numa media de 30% de consumo acima do normal na cidade. “Estamos com problemas na região do bairro Santa Felicidade em relação à pressão da água. Mas, estamos monitorando e resolvendo”, informa a assessora de Comunicação da Sanepar, Claudia Adkins, que cita também alguns pontos nas saídas da cidade que são observados.

Por essas situações, está em andamento obras de interligação de um novo poço para aumentar a vazão de água na cidade. A previsão é ficar pronto no final de novembro. Além disso, também há planos para a abertura de dois novos poços em 2015 e outro projeto de ampliação do sistema em 20 anos.

Enquanto isso, a Sanepar pede a colaboração da população no consumo racional de água evitando o desperdício. Apesar da proximidade com o Verão e aumento da temperatura, também há mais chuvas nesse período, o que deve colaborar para reduzir os problemas de abastecimento. O monitoramento segue principalmente nos finais de semana, quando é maior o consumo de água. Principalmente entre a noite de sexta-feira e a tarde de sábado, segundo dados da Sanepar.

REGIÃO – A Sanepar também realiza obras para melhorar o abastecimento em cidades da região. Como em Maringá, onde foram feitos ontem serviços na distribuição de água que previa interrupção no abastecimento em cinco bairros: Jardim Copacabana, Recanto Kakogawa, Parque das Grevíleas I e II, e Conjunto Hermann Moraes de Barros.

Quem tiver problemas no consumo de água pode comunicar a Sanepar pelo telefone 115, tendo em mãos a conta de água para passar os dados para o atendente.

 Texto: Andye Iore / Imagem ilustrativa

Compartilhe:

Sanepar monitora abastecimento de água em Cianorte

agua01A Sanepar está monitorando o abastecimento de água nos bairros de Cianorte. A alta temperatura que fez no final de outubro deixou algumas regiões sem água nos finais de semana, quando aumenta o consumo nas residências por haver mais pessoas em casa. Os problemas há duas semanas foram em razão do forte calor e seca, o que causou um aumento no consumo o que seria equivalente a dez anos com um aumento da população, numa media de 30% de consumo acima do normal na cidade. “Estamos com problemas na região do bairro Santa Felicidade em relação à pressão da água. Mas, estamos monitorando e resolvendo”, informa a assessora de Comunicação da Sanepar, Claudia Adkins, que cita também alguns pontos nas saídas da cidade que são observados.

Por essas situações, está em andamento obras de interligação de um novo poço para aumentar a vazão de água na cidade. A previsão é ficar pronto no final de novembro. Além disso, também há planos para a abertura de dois novos poços em 2015 e outro projeto de ampliação do sistema em 20 anos.

Enquanto isso, a Sanepar pede a colaboração da população no consumo racional de água evitando o desperdício. Apesar da proximidade com o Verão e aumento da temperatura, também há mais chuvas nesse período, o que deve colaborar para reduzir os problemas de abastecimento. O monitoramento segue principalmente nos finais de semana, quando é maior o consumo de água. Principalmente entre a noite de sexta-feira e a tarde de sábado, segundo dados da Sanepar.

REGIÃO – A Sanepar também realiza obras para melhorar o abastecimento em cidades da região. Como em Maringá, onde foram feitos ontem serviços na distribuição de água que previa interrupção no abastecimento em cinco bairros: Jardim Copacabana, Recanto Kakogawa, Parque das Grevíleas I e II, e Conjunto Hermann Moraes de Barros.

Quem tiver problemas no consumo de água pode comunicar a Sanepar pelo telefone 115, tendo em mãos a conta de água para passar os dados para o atendente.

 Texto: Andye Iore / Imagem ilustrativa

Compartilhe: