Rondon abre concurso de poesia e de desenho em todas as instituições da Rede Municipal

 

A cerimônia de abertura do VI Concurso de Poesia e V Concurso de Desenho ocorreu na última quarta-feira, 17, de abril, na Escola Municipal Marechal Castelo Branco para todas as instituições da rede municipal de ensino, nos períodos matutino e vespertino. O concurso aborda o tema “Políticas Públicas”, com o lema “Direitos e Deveres na Educação – Meus Direitos Como Aluno I Meus Deveres Como Cidadão”.

AVALIAÇÃO E PREMIAÇÃO

Os alunos da Educação Infantil, CMEI Menino Deus, CMEI Francisco Sella, Associação Escola Passos do Saber, Escola Municipal do Campo Agrupada de Bernardelli, Escola Rosa Azul e os alunos dos 1os, 2os e 3os anos da Escola Municipal Marechal Castelo Branco participarão na modalidade “Desenho”. Já os alunos dos 4os e 5os anos da Escola Municipal Marechal Castelo Branco, da Associação Escola Passos do Saber e da Escola Municipal do Campo Agrupada de Bernardelli participarão na modalidade “Poesia”. Cada aluno poderá inscrever somente um desenho e uma poesia, de autoria inédita, ou seja, que ainda não foram publicadas em nenhum veículo de comunicação até o final de setembro, conforme a modalidade inscrita. Lembrando que todos os períodos tanto o Matutino quanto o Vespertino estarão participando do concurso.

As produções serão avaliadas pela Equipe Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação juntamente com os professores, e os resultados serão divulgados, no mês de outubro, em data a definir, com cerimônia de premiação.

“Cada escola terá o livre arbítrio de trabalhar a confecção das poesias e dos desenhos com seus alunos, levando em consideração as exigências do tema e lema deferidos pela banca organizadora do concurso”, contou o chefe da Divisão de Cultura, João Paulo Dorne Calabrezi.

“O objetivo do concurso é incentivar a busca pelo conhecimento sobre a poesia e desenho, produções literárias de suma importância no meio educacional e social, pois retratam as diversas formas de sentimentos e vivências da humanidade. Por isso, para motivar, ainda mais, a participação dos alunos, bem como promover um maior reconhecimento de seus talentos, optamos em premiar os alunos com medalhas, livros e outros, para aqueles que melhor desenvolverem as produções literárias”, afirmou a chefe da divisão de ensino fundamental, Sueli de Souza de Oliveira.

Assim, serão laureados (premiados), tanto na modalidade Desenho quanto na Poesia, os alunos que ficarem em 1º, 2º e 3° lugar, de cada ano escolar.

PARTICIPAÇÃO DE AUTORIDADES E ESTRELAS

A abertura do evento foi realizado nos dois períodos, matutino e vespertino, proferida pelo mestre de cerimônias João Paulo Dorne Calabrezi, membro da organização do concurso, onde juntamente com o vice-prefeito Rui Mertz, representando o prefeito Ailton Valloto, chefe da divisão de ensino fundamental, Sueli de Souza de Oliveira e do presidente da Câmara Municipal, Roberto Scaraboto, deram as boas-vindas a todos, e explicaram a importância da 6ª edição do Concurso Municipal de Poesia e da 5ª edição do Concurso Municipal de Desenho, oficializando a abertura do concurso.

Contou com a presença das diretoras das Escolas CMEI Menino Deus, Dórica Gomes da Silva, CMEI Francisco Sella, Cleide Regina Leguli Dorne, Escola Municipal Marechal Castelo Branco, Dâmaris Macedo Napoli, Escola Municipal do Campo Agrupada de Bernardelli, também dirigida pela Sueli de Souza de Oliveira, Escola Rosa Azul, representando a diretora Cleusa Maria Guelfi Oliveira, a Maria Aparecida Bonnin, Associação Escola Passos do Saber, representando a presidente Mercedes Zampieri, a pedagoga Daiane Mioto, pedagogas, professores, funcionários, estagiários, Técnico do Meio Ambiente, Pedro Dias Monteiro e pais presentes.

A fim de abrilhantar ainda mais o fecho cultural, tivemos a participação do Coral Sonho Meu, de São Manoel do Paraná, sendo os responsáveis pelo Coral: Maria Magalhães, José Ademar de Oliveira (Cantor), Miriam Quemelo (coordenadora do projeto). Na sequência tivemos a apresentação teatral da pedagoga Ilma Alves de Freitas e da professora Janaína Aparecida de Moraes, com tema: Nossos Direitos como Aluno, Nossos Deveres como Cidadão, personagens Lucinda (Ilma) e Severino (Janaína). A terceira apresentação que chamou atenção pelo encanto da melodia foi a paródia “Se For Assim”, da professora Francielle Zamprone e da Pedagoga Nívea Valoto, com participação das professoras, estagiário e alunos do CMEI Francisco Sella, com base na música Tijolinho por Tijolinho (Enzo Rabelo). A quarta apresentação ficou por conta da grande poetisa de Rondon, a professora Alice Lopes Medeiros, que declamou duas poesias, “Alegria de Viver” no período da manhã, e “Amizade” no período da tarde. A quinta e última apresentação foi da chefe de cultura de São Tomé, Antônia de Moura, que realizou diversas apresentações em canto musical, declamando os Direitos e Deveres do aluno para com a educação, um show de encanto, de respeito, de amor e de acreditar que a nossa educação irá prosperar.

“Não morre aquele que deixou na terra, a melodia de seu cântico na música de seus versos”. (Cora Coralina)

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Rondon

Clique para ampliar as imagens. Girar o celular na horizontal faz a imagem ficar em tela cheia.
Compartilhe: