Resolução e drones reforçam fiscalização dos decretos contra a Covid-19

 

Documento disciplina as regras que devem ser obedecidas por todos os estabelecimentos de atividades essenciais. Uso dos equipamentos visa coibir aglomerações

Em ação integrada, o Comitê de Crise está operando dia e noite, tanto em Cianorte quanto nos distritos de São Lourenço e Vidigal, para garantir o cumprimento das medidas de combate ao novo coronavírus, conforme o Decreto Estadual Nº 6.983/2021 e do Decreto Municipal Nº 41/2021. Os trabalhos também seguem as orientações da Resolução nº 02/2021 que, publicada na última quarta-feira (3) pela Secretaria Municipal de Saúde, disciplina as regras que devem ser obedecidas por todos os estabelecimentos que seguem em funcionamento, ou seja, dos considerados como atividades essenciais.

Mediante a publicação, representantes da Prefeitura, em especial, da Fiscalização e Vigilância em Saúde, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e empresas privadas de segurança estão atuando com rigor e vão reforçar as ações nos próximos dias. Para isso, o trabalho de fiscalização recebeu dois drones, sendo um operado pela Secretaria Municipal de Defesa Social e outro pela Polícia Militar.

“Vamos atuar nos próximos quatro dias com equipes multidisciplinares trabalhando 24 horas por dia. Serão operações nas áreas urbana e rural para coibir, principalmente, festas clandestinas, concentração de pessoas em chácaras, churrascos e similares. Além disso, após o toque de recolher, a partir das 20h, faremos barreiras nas saídas da cidade, com o policiamento de trânsito e bafômetros”, anunciou o secretário da pasta, tenente-coronel Elias Ariel de Souza.

Somente na última quarta-feira (3), as equipes de fiscalização atuaram na notificação de uma loja para manutenção exclusiva do serviço essencial, isolando a área das demais atividades; na orientação de seis supermercados, um restaurante na rodovia, 23 pedestres e 10 usuários das pistas de caminhada sobre o uso correto das máscaras; cinco pessoas sobre o toque de recolher; além das ações de fiscalização, que resultaram no fechamento de 34 estabelecimentos, entre bares, motéis e outros ramos, que devem permanecer com atendimento suspenso durante a vigência dos decretos. Também estão sendo verificadas as denúncias recebidas pelo WhatsApp (44) 99126-9911.

“Primeiramente estamos orientando, mas em alguns casos já tivemos que emitir autos de infração, tanto para pessoas físicas quanto para empresas, que insistem em não respeitar os decretos. Lembrando que o objetivo é reduzir a circulação de pessoas e, consequentemente, a transmissão do coronavírus. Os cianortenses devem ter a consciência de que o cenário pandêmico em nossa cidade e no estado é grave e requer prevenção por parte de todos. Estas medidas, articuladas com o Governo do Paraná, são para diminuir a taxa de ocupação de leitos, que está no limite, e salvar vidas”, enfatizou a secretária municipal de Saúde, Rebeca Galacci. Os decretos seguem em vigência até às 5h do dia 8 de março.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse