Receitas para doenças crônicas terão validade prorrogada pela Saúde de Cruzeiro

Com objetivo de evitar a retirada das receitas nas Unidades Básicas de Saúde, aumentando o risco de contágio das pessoas com novo coronavírus, a Secretaria de Saúde Municipal ordenou que receitas emitidas para pacientes que tem doenças crônicas, como diabéticos e hipertensos, terão sua validade prorrogada, de 06 meses para 09 meses, como forma de proteção aos pacientes que já se enquadram no grupo de risco do Covid-19.

A Secretária de Saúde, Crega Oliveira, ressalta sobre a importância do isolamento social como forma de prevenção ao vírus e que as medidas de contingência tem por objetivo retardar a disseminação, tendo em vista que a cidade referência de Cruzeiro do Oeste é Umuarama, a qual tem apenas 74 respiradores, estando 90% já ocupados com pacientes acometidos por diversos motivos.

“Não adianta, a melhor prevenção é o isolamento social, por isso fiquem em casa”, concluiu a Secretária da Saúde.

Fonte: Portal da Cidade Cruzeiro do Oeste

Banner Edplants, Acesse