Projeto de reurbanização da Avenida Maranhão tem mais uma etapa concluída


A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), concluiu na manhã dessa quinta-feira (14), a retirada de duas seringueiras que estavam plantadas na Avenida Maranhão. Os cortes foram autorizados pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (COMMA), atendendo pedidos dos comerciantes locais, após comprovação de que as duas unidades apresentavam estado degenerativo, com troncos rachados, galhos secos de porte grande e grande risco de cair sobre veículos e pedestres.As ações fazem parte de um projeto de reurbanização da via.

“É importante ressaltar que o COMMA é composto por representantes de entidades e organizações, tanto governamentais, quanto não-governamentais.São profissionais com conhecimento técnico para realizar tais avaliações”, explicou o secretário da pasta, Guilherme Comar Schulz. “As espécies foram cortadas porque estavam com as suas sustentações totalmente comprometidas. Há ainda, a necessidade de poda em outras seringueiras que apresentam o mesmo estado.Tudo está sendo feito para evitar que qualquer risco seja oferecido a quem transita por aquele local”, completou.

O trabalho foi acompanhado de perto pelo prefeito Bongiorno, que aproveitou para esclarecer aos presentes o projeto para o local. “Além de danificar todo o calçamento, as raízes estavam podres, completamente degeneradas, e com risco de provocar acidentes com pessoas, veículos e estabelecimentos. Foi uma atitude coerente do Conselho, em autorizar a retirada das árvores, para evitar danos maiores no futuro”, comentou o prefeito. “Vamos revitalizar todo aquele trecho, com a colocação de paver, também chamados de pavimentos drenantes, no estacionamento, paisagismo, e o plantio de outras espécies de árvores, que vão valorizar, ainda mais, o centro da cidade”, finalizou.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Cianorte

Compartilhe: