Projeto da ponte entre Japurá e São Carlos do Ivaí avança dentro do Governo do Estado

A execução de uma das obras mais impactantes para o Noroeste do Paraná avançou mais uma etapa nesta segunda-feira (04) e está mais próxima de sair do papel. Empresários da região entregaram para o governador Carlos Massa Ratinho Junior, durante reunião no Palácio Iguaçu, o projeto executivo da ponte que vai ligar Japurá a São Carlos do Ivaí, sobre o Rio Ivaí. A conclusão do estudo de engenharia e arquitetônico é o último passo antes da licitação.

Orçada em R$ 73 milhões, a estrutura terá 180 metros de extensão, além de mais quatro quilômetros de nova pavimentação em ambos os lados, e já conta com a aprovação dos técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). Ratinho Junior explicou que agora o projeto tramitará internamente no Governo do Estado, dentro da Secretaria da Infraestrutura e Logística.

“Estamos concluindo uma ação junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). E essa obra integra o pacote de investimentos que tiraremos do papel justamente com esses recursos. Há muito tempo que o Noroeste pede essa construção, algo que vai transformar a logística de toda a região”, afirmou o governador.

“Vai diminuir custos para empresas da região, gerando emprego e renda. Há muitas companhias ali que precisam se expandir, mas esbarram na falta de infraestrutura. O papel do Estado, neste caso, é atuar como um agente facilitador, garantindo o desenvolvimento das cidades”, acrescentou.

Atualmente, sem a ponte, a travessia é feita por meio de balsas, com impacto direto no custo do frete e no tempo de transporte. Caminhões pagam R$ 50 por trecho (R$ 100 a ida e a volta) e carros de passeio R$ 20, com tempo estimado em 20 minutos. Em dias de chuva, porém, fica interditada por causa do nível do rio.

A outra opção é fazer um contorno pela região de Cianorte, que acrescenta 100 quilômetros e cerca de duas horas ao trajeto para quem acessa outras cidades como Maringá, Paranavaí e Nova Esperança.

“É uma pauta antiga e que já gerou muita polêmica na região. Mas, hoje, pelo olhar do Governo do Estado, sentimos que a demanda será abraçada. Vai melhorar muito para quem produz, mas também para a população em geral. Temos dois hospitais de referência na região, em Maringá e Paranavaí, que atendem a nossa comunidade e, com a ponte, o transporte será facilitado”, disse a prefeita de Japurá, Adriana Polizer.

“Escuto sobre essa obra desde que sou criança, é algo há muito desejado pela região. A ponte vai aquecer a economia e unificar as cidades de Japurá, São Tomé, Paraíso do Norte, Paranavaí e São Carlos do Ivaí, criando um corredor econômico”, completou o prefeito de São Carlos do Ivaí, José Luiz Santos.

A expectativa, destacou o secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, é que a Secretaria da Fazenda finalize a liberação dos recursos junto ao BNDES nos próximos dias, o que vai agilizar todo o processo de construção da estrutura. “O governador já determinou essa obra como prioridade. Será a maior ação do Noroeste, transformadora para a região”, afirmou.

PRESENÇAS – Participaram da reunião o vice-governador Darci Piana; o diretor-geral do DER-PR, Fernando Furiatti; os deputados estaduais Tião Medeiros e Anibelli Neto; o CEO do Grupo Zeppone, João Zeppone; o presidente do Conselho de Administração do Grupo Zeppone, Nelson Zeppone; Jessé Medeiros Veloso, presidente da Gebon Sorvetes; e o fundador da Construtora Japurá, Wilson Fagundes dos Santos.AEN.

Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "Projeto da ponte entre Japurá e São Carlos do Ivaí avança dentro do Governo do Estado"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*