Projeto capacita profissionais sobre cuidados e prevenção da sífilis


Profissionais estaduais e municipais participam nesta semana, em Curitiba, de um curso que tem o objetivo de fortalecer os sistemas Nacional, Estadual e Municipal de Vigilância em Saúde por meio da capacitação de profissionais, aprimorando as ações de vigilância e ampliando a capacidade de resposta às emergências, com prioridade, nesta etapa, das ações para o controle e redução da sífilis.

Trata-se do segundo módulo do Programa de Treinamento de Atualização em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (EpiSUS – Fundamental).

A superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado, Júlia Cordellini, ressalta a importância das palestras e capacitações para fortalecimento da rede de saúde. “Esse projeto é mais uma ação que vem para melhorar a capacidade de detecção, resposta e comunicação dos problemas de saúde pública. Quanto maior for o conhecimento dos profissionais, melhor será o aprimoramento das práticas de vigilância em saúde”, destaca ela.

CURSO

Durante 12 semanas, os participantes aprendem e praticam as competências fundamentais utilizadas na linha de frente da vigilância, incluindo o uso de definições de caso, detecção e notificação de doenças, organização dos dados com o uso de tabelas e gráficos, investigação de caso e de surtos, monitoramento e avaliação em vigilância, além da análise de dados e interpretação para tomada de decisão.

A coordenadora estadual do curso, Mara Carmem Franzoloza, explica a metodologia diferenciada do curso. “O EpiSUS adota a característica central de ser um treinamento em serviço com enfoque predominantemente prático, visando aprimorar as habilidades do profissional”. De acordo com ela, são abordados temas que tratam de análise e interpretação de dados de vigilância, detecção e resposta a eventos relevantes de saúde pública e comunicação.

O treinamento EpiSUS teve início no Brasil em fevereiro de 2017 como um projeto-piloto de duas fases. Esta etapa ocorreu em seis estados brasileiros, com representação de cada uma das regiões do país – o Paraná é o único estado do Sul. As próximas fases do curso acontecem em outubro e dezembro deste ano.

Fonte: Agência Estadual de Notícias / Imagem Ilustrativa

Compartilhe: