Prevenção do crime através da Engenharia

A prevenção do crime através da engenharia consiste em algumas medidas que podemos tomar através do desenho urbano com o objetivo de diminuir a ocorrência de delitos em nossas residências, comércio ou bairro. São estratégias que aumentam a sensação de segurança e afastam os criminosos para outros lugares mais vulneráveis.

Existem na prática três estratégias, são elas:

01-Vigilância natural – o desenho arquitetônico de uma residência, edifício ou estabelecimento comercial, por exemplo, devem transmitir a sensação de que o delinquente está sendo observado e que o risco de ser capturado é alto; ela pode ser classificada como:

a) Organizada (policiais em patrulhamento)

b) Mecânica (câmeras de segurança, iluminação)

c) Natural (grades, janelas, portas de vidro);

02-Controle natural de acesso- seu objetivo é reduzir a ocorrência de delitos através do impedimento de acesso do criminoso criando-se uma sensação de risco para a atuação dele. As estratégias de controle de acesso podem ser:

A Organizadas (guardas, porteiros, vigilantes);
b) Mecânicas (trancas, correntes, fechaduras);
c) Naturais (definição do espaço);

03-Reforço territorial – cada pessoa deve proteger a região próxima a sua residência ou comércio, cuidando, vigiando, coibindo atitudes anti-sociais, ou ainda, acionando a polícia quando se sentir insegura.

A seguir explanaremos algumas medidas básicas que devemos tomar para protegermos os nossos espaços:

Espaço Residencial

É muito importante que a residência possua grades ao invés de muros, pois com isso existirá uma vigilância natural do local por pessoas que passam em frente à casa e também pelos vizinhos. Por isso, evite construir muros altos, pois se alguém transpor o muro, dificilmente a Polícia, vizinhos ou populares conseguirão notar algo de estranho na residência. Ainda em relação a muros evite os de formato em rampa pois eles podem servir de acesso ao pavimento superior.

Devemos observar também aonde está localizado o suporte de lixo pois se ele estiver encostado no muro poderá servir como degrau para transpor o mesmo ou andar por cima deste. Portões chamados de cegos (fechados com chapa) também devem ser evitados pois impedem que as pessoas vejam alguma movimentação suspeita no interior da casa.

Em relação a arborização evite que ela seja exagerada ou mal cuidada pois nessas condições a visibilidade do quintal se torna reduzida e o local mais vulnerável a roubos e furtos.

As sacadas encostadas na lateral da residência também devem ser evitadas pois permitem o acesso pelo muro à casa. Atenção também para as janelas do pavimento superior, que quando desprovidas de proteção adicional ou aparentemente frágeis, com vidros amplos e sem divisões de reforço também se tronam um excelente chamariz para os meliantes.

Espaço Comercial

Os estabelecimentos comerciais geralmente montam sua estrutura preocupados apenas com a comercialização de seus produtos, o que é natural, mas ficam muito carente no que diz respeito aos quesitos de segurança.

Estes espaços, para estarem em melhores condições de segurança, não precisam necessariamente de grades, câmeras ou outros equipamentos de proteção. Basta que se melhore a visibilidade do interior da loja, posicionando o caixa no local adequado, instalando espelhos em pontos estratégicos e removendo da frente do estabelecimento tudo aquilo que reduz a visibilidade como o excesso de mercadorias e propaganda. Esses são alguns poucos exemplos entre muitos outros que poderíamos citar, que, se observados, podem melhorar muito a segurança e não requerem necessariamente gastos maiores para a sua implementação.

Espaço Público

Terrenos baldios, casas e comércios abandonados, abrigos sob pontes ou marquises, praças públicas mal conservadas, iluminação nas vias e praças públicas inexistentes ou em má conservação, são fatores que fomentam as ações dos meliantes e que poderiam ser evitadas com a modificação dos espaços públicos através de uma reestruturação da arquitetura urbana. A sociedade organizada através de associações de moradores e dos Conselhos Comunitários de Segurança, devem cobrar das autoridades públicas a resolução de problemas nos espaços públicos, que dão origem a falta de segurança.

Em resumo: a prevenção do crime através da engenharia visa tornar o seu ambiente menos favorável a prática de crimes; levando em conta que a maioria dos crimes é cometida porque o delinquente vislumbra uma oportunidade, ou uma combinação de várias delas, como facilidade de acesso, lugares para escalar, iluminação insuficiente, paisagismo que possa ocultar a presença de alguém, falta de sistemas de segurança (câmeras, alarmes, cercas elétricas, etc.); quanto mais o criminoso se sente inseguro, menos provável que ele venha a agir;

Compartilhe: