Prefeitura lança pedra fundamental do Hospital de Cianorte

 

Obra de 12.550 m², orçada em R$ 53 milhões, é o maior investimento da história do governo municipal em saúde pública

Um espaço grandioso e moderno. Assim pode ser definido o novo hospital de Cianorte, que teve sua pedra fundamental lançada pela Prefeitura, na manhã desta quinta-feira (1º), no terreno localizado na esquina das avenidas Amazonas e Maranhão. O projeto arquitetônico, produzido pela empresa MEP Arquitetura e Planejamento, que é especialista em empreendimentos voltados para a área da saúde, prevê cinco pavimentos, totalizando 12.550 m² de área construída, com espaços reservados para futuras ampliações. A estrutura terá capacidade para 242 leitos, sendo 30 voltados para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O investimento estimado para a construção é de cerca de R$ 53 milhões.

“É a maior obra já realizada pela Administração Municipal na área da saúde e o maior investimento já feito na história de Cianorte, que beneficiará a população com serviços na Atenção Terciária, ou seja, de alta complexidade que, até então, não contamos em nossa cidade. Assim, com este hospital, deixaremos de nos deslocar para os municípios de referência. Teremos à disposição procedimentos em cardiologia, oncologia, ortopedia e tantas outras áreas, que farão a diferença na vida daqueles que precisam de cateterismo, angioplastia, quimioterapia, entre outras intervenções e tratamentos”, afirmou o prefeito Bongiorno, acompanhado pela primeira-dama e presidente de honra do Provopar, Fátima Bongiorno.

O prefeito, ainda, fez questão de destacar que, desde a idealização do hospital até o início das obras, foram quatro anos, que envolveram licitações, desenvolvimento do projeto, aprovações, licenças, entre outros trâmites. “Neste sentido, agradeço a todos os envolvidos, em especial nossos servidores, que não estão medindo esforços para a realização deste sonho”, disse. O deputado estadual Jonas Guimarães, por sua vez, reforçou que a “implementação de um hospital de grande porte demonstra o compromisso da Administração Municipal em trazer os serviços públicos de saúde para perto dos cianortenses, preenchendo um vazio assistencial na região”.

Também fizeram o uso da palavra enfatizando a importância da obra o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Nelson Magron Júnior; e o diretor clínico da Fundhospar, Dr. Inácio Gagliard. Já o pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, padre Sérgio Carris, e o presidente do Comec, pastor Jhonny Sandro, ministraram um momento de oração em êxito do empreendimento. A ocasião contou com a presença de representantes das áreas da saúde, segurança pública e da sociedade civil organizada.

DESTAQUES DA OBRA

A unidade hospitalar contará com Pronto Atendimento e seguirá conceitos de sustentabilidade, como o reaproveitamento da água da chuva, energia fotovoltaica e aquecimento de água através de teto solar com apoio elétrico. Além disso, a proposta atende ao princípio da humanização, de modo que todo leito permitirá um acompanhante. O projeto também contempla sistema de isolamentos, inclusive contra o contágio aéreo, para casos de doenças como a Covid-19. Será todo climatizado e contará com pontos de gás e televisão individuais.

Fonte: Redação Folha Regional de Cianorte

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse