Policiais militares de Terra Boa encaminham homem por tráfico de drogas

Durante a tarde deste último domingo (21/03), por volta das 14h, policiais militares de Terra Boa realizavam patrulhamento pela Avenida Melvin Jones, quando visualizaram um cidadão em atitude suspeita e realizaram a abordagem.

Assim, em busca pessoal foram encontrados, dentro de sua carteira, 08 (oito) porções de substância análoga a maconha, R$ 100,00 (cem reais) em notas trocadas e um celular.

Diante do flagrante delito, o cidadão de 19 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido para à Delegacia de Polícia Civil de Terra Boa para os procedimentos pertinentes.

BRIGA

Por volta das 19h deste último domingo (21/03), Policiais Militares foram acionados e compareceram na Rua Beija Flor em Terra Boa, para atender uma situação de briga entre pai e filho.

Próximo ao local da ocorrência, a equipe visualizou um homem de cuecas pulando as grades de outras residências, sendo contido pela equipe e após, identificado tendo apenas 17 anos. Um senhor de 40 anos, se aproximou da equipe e informou ser o pai do abordado.

Logo, uma senhora de 41 anos, reportou a equipe que estava em casa, e, que seu esposo e seu filho saíram, e demoraram para retornar, que na chegada dos dois, seu filho foi para o quarto e que, ao questionar seu esposo sobre o motivo da demora este informou estar ensinando o filho a dirigir, indo chamar seu filho, que ao saírem do quarto entraram em vias de fatos.

Segundo a mulher, seu esposo empurrou o filho e na sequência começou a dar socos em seu filho na sala e que em virtude da via de fatos a geladeira foi derrubada, o ventilador quebrado e que seu filho pegou duas facas uma de cabo azul encontrada pela equipe na rua com treze centímetros de lâmina e outra de cabo branco com dezessete centímetros de lâmina, essa última de serra, que também foi encontrada na rua. A senhora, informou ainda que seu filho correu para rua vindo a cair no asfalto e sofrer escoriações e que correu para a vizinha com a intenção de se defender e que nesse momento a equipe policial chegou no local.

Diante do exposto a senhora/vítima, informou querer exercer seu direito de representação contra a pessoa de seu esposo. Desse modo, a equipe deu voz de prisão para o autor de 40 anos de idade. Por fim, o autor e as vítimas foram encaminhados para o Cartório do Segundo Pelotão para a confecção do boletim e posteriormente levados ao Hospital Municipal para exames de laudo de lesão corporal e posteriormente apresentados na Delegacia de Polícia Judiciária para as medidas cabíveis

Fonte: Noti-cia com Comunicação Social da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse