Polícia prende dupla com 120 mil pedras de crack

logo-policial

Policiais civis dos núcleos de Londrina e da Região Metropolitana de Curitiba da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) apreenderam na tarde de ontem (19), 41,6 quilos de crack que estavam escondidos no fundo falso do Gol placas DWI-6431, da cidade de Colina (SP). Foram presos Jorge Minoru Ikeda, 48 anos, e Cicero Donizete Nepomuceno, 31 anos, ambos de São Paulo (SP).

Com o volume apreendido seria possível fazer 120 mil pedras, que seriam vendidas pelos traficantes geralmente por R$ 10 cada no varejo. O prejuízo financeiro causado aos traficantes com esta apreensão chega a cerca de R$ 1,2 milhão.

As investigações realizadas pelo núcleo de Londrina da Denarc revelaram que uma dupla de traficantes estaria responsável pelo transporte de drogas de Foz do Iguaçu para Curitiba e Londrina. “Na tarde deste domingo, conseguimos interceptar um grande carregamento que se destinava à capital do Estado”, contou o delegado titular da Denarc, Alan Flore.

O veículo que transportava a droga foi abordado pelos policiais na entrada de Curitiba, por volta das 15h. Depois foi conduzido à sede da Denarc, onde as buscas no interior do carro revelaram uma grande quantidade de drogas que era transportada no interior das portas.

Chamou a atenção dos policiais a existência de um moderno sistema de comunicação via rádio instalado no veículo, evidenciando que o carro pode ter sido utilizado para transporte de drogas outras vezes. Os detidos podiam contar com o auxilio de terceiros durante as viagens que realizavam para receber alerta sobre barreiras policiais no trajeto.

Texto: AE-PR

Compartilhe: