Polícia enfrenta onda de assaltos em Cianorte

assaltos - policias

As polícias Civil e Militar estão com mais trabalho nas últimas semanas em Cianorte. O período de festas de fim e começo de ano fazem com que aumente o número de assaltos na cidade. Entre os motivos estão os indultos de Natal e Ano Novo concedidos aos presos nas cadeias, um maior fluxo de dinheiro pelo pagamento de 13º salário e pelas viagens de férias deixando as casas vazias.

Os ladrões não perdem tempo e ficam mais audaciosos pelas oportunidades que as vítimas oferecem. Somente na semana passada foram registrados pela polícia em torno de 15 casos de roubos de veículos, em estabelecimentos ou a pessoas. Enquanto que em períodos normais não chega nem na metade disso. “Temos um foragido da cadeia em Maringá que recebeu indulto, não voltou e já identificamos ele aqui em Cianorte”, comentou o delegado da Polícia Civil, Nilson Rodrigues (foto à direita), completando que o foragido participou de um assalto na semana passada e deve ser preso nos próximos dias.

Por sua vez, a Polícia Militar realizou na última quinta-feira (9) uma operação contra a criminalidade em bairros da cidade. O arrastão aconteceu nos bairros Aquiles Comar, Morada do Sol, Zona Três, Zona Quatro e centro. A operação já tem previsão para acontecer em outros bairros. “Entre dezembro e janeiro é muito comum uma maior circulação de bandidos pelas cidades”, comentou o capitão da Polícia Militar, Carmelito Santos (foto à esquerda). “Por isso que fazemos um trabalho em conjunto entre as polícias civil e militar”.

Texto e foto: Andye Iore
Reportagem publicada na edição de domingo (12) do jornal Folha de Cianorte.

Banner Edplants, Acesse

Be the first to comment on "Polícia enfrenta onda de assaltos em Cianorte"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*