Polícia Civil prende 168 pessoas no Paraná em operação especial

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) realizou nesta quarta-feira (24) a Operação PC 27 em diversas cidades do Estado. Foram presas 168 pessoas por diversos crimes e cinco adolescentes apreendidos. A operação terminou no final da tarde com 123 mandados de busca e apreensão cumpridos. A ação aconteceu simultaneamente em todo o território nacional, com a participação dos demais 25 estados e do Distrito Federal.

Com atenção especial ao crime organizado, os mandados cumpridos durante a PC 27 incluem sete integrantes de uma facção criminosa já presos, mas que ainda controlavam o tráfico de drogas e outros crimes de dentro de presídios. Eles responderão criminalmente por essas ações e devem ter o tempo de prisão ampliado.

Cerca de 550 policiais civis de todas as divisões da PCPR participaram da operação que teve como objetivo combater a criminalidade, assim como cumprir mandados judiciais contra suspeitos pela prática de diferentes tipos de crimes, como roubo, homicídio e estupro, entre outros, além de fazer prisões em flagrante.

De acordo com o delegado-geral da PCPR, Silvio Jacob Rockembach, a operação é resultado de investigações por meio de um trabalho integrado e coordenado por todas as divisões da Polícia Civil do Estado. “É uma grande operação, exige um planejamento bem detalhado e uma alta capacidade de coordenação e integração entre as divisões da Polícia Civil. Estamos buscando trabalhar a cada dia mais dessa forma, não só no Paraná, como no país”, afirma.

Rockembach ressalta ainda que, para que a polícia consiga prestar um serviço mais eficiente e melhorar sua capacidade de resposta, as Polícias Civis estão totalmente integradas em todo o Brasil. “Existe uma integração muito forte entre os núcleos de todas as Polícias Civis, há investigações sendo tocadas em conjunto em diversos estados. Essa é a tendência daqui em diante”, afirma o delegado-geral.

A PC 27 foi uma iniciativa do Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil (CONCPC). O nome é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis do país.

CIANORTE

Após duas tentativas de roubos ocorridos na cidade de Cianorte, a Polícia Militar desta urbe em conjunto com equipe da Polícia Civil, realizaram um intenso trabalho para reconhecimento da autoria dos crimes, sendo que nas duas situações foram efetuados disparos de arma de fogo contra as vítimas, ambas na região do rosto, onde uma delas resultou lesão grave.

Desse modo, depois de cumpridos os mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal de Cianorte, três homens moradores de Tuneiras Do Oeste foram presos nesta quarta-feira (24) pelas equipes do 7° BPM e da Polícia Civil. Dois detidos por autoria do crime e um terceiro por participação. Ainda, um quarto indivíduo foi preso na cidade de Cascavel.

Além dos presos, foram apreendidas 01 (uma) espingarda calibre .28, 05 (cinco) cartuchos de fuzil 7,62, 01 (um) cartucho cal. .22, 01 (um) cartucho de cal. .32, 01 (um) cartucho de cal. .38, 01 (um) cartucho de cal. 9mm, 02 (dois) cartuchos de cal. .28 intacto e 01 (um) deflagrado e 01 (um) cartucho de cal. .40.

OUTRA PRISÃO

Na terça-feira (23), por volta das 22h, a equipe realizava patrulhamento pela Rua Propia, quando avistou uma senhora que ao perceber a viatura demonstrou nervosismo, sendo então realizada a abordagem.

Em busca pessoal nada de ilícito foi localizado, porém, em consulta ao sistema, foi encontrado um Mandado de Prisão pelo art. 157 (roubo) do Código Penal Brasileiro.

Diante dos fatos, a cidadã foi encaminhada à 21ª SDP para os procedimentos de Polícia Judiciária.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná e Comunicação Social da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar

Compartilhe: