Polícia Ambiental apreende 25 aves nativas em Cianorte

Cerca de 25 aves silvestre eram mantidas em cativeiro.

Cerca de 25 aves silvestre eram mantidas em cativeiro.

Uma denúncia anônima feita à Polícia Militar Ambiental de Cianorte resultou na apreensão de 25 aves da fauna silvestre que estava sendo mantidas em cativeiro. O crime foi registrado por volta das 09 horas de ontem (18) numa residência na Rua Japurá, na Vila Operária em Cianorte.

Segundo as informações, os policiais encontraram na residência 4 sabiá Tejo, 2 sabia-barranqueira, 3 sanhaço papa-laranja, 11 sanhaço cinza, 01 coleira do brejo, 2 coleira papa capim, 1 curió e 01 trinca-ferro, todas mantidas em cativeiro sem autorização do órgão ambiental competente.
Ainda segundo os políciais, as aves aparentavam sinais de estado bravio, ou seja, recém capturadas. No quintal da residência os policiais também encontraram dois alçapões aramados prontos para a captura de mais pássaros.
Diante dos fatos o proprietário das aves foi conduzido a sede do Pelotão da Policia Ambiental onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Infração Penal (TCIP), com base no Artigo 29, § 1o, inciso III da Lei Federal 9.605/98, c/c Artigo 24 §3o, inciso III do Decreto Federal 6.514/08, cuja pena varia de seis meses á um ano de detenção.
O proprietário também será autuado pelo Instituto Ambiental do Paraná em R$ 500,00 por ave que era mantida em cativeiro, com exceção do pássaro curió ao qual é acrescido o valor de R$ 5.000,00 por constar nas lista de pássaros ameaçados de extinção. As aves apreendidas após passarem por avaliação por profissional capacitado, serão reintegradas a seu habitat natural caso forem consideradas aptas.
A Polícia Ambiental vem desenvolvendo Policiamento Preventivo Ambiental, no sentido de coibir a pesca e caça ilegal, bem como, reprimir também os demais crimes com previsão na Lei de Crimes Ambientais, Lei 9.605/98. A eficácia das ações pode ser complementada com a participação de qualquer cidadão, denunciando a quem pratica, bem como os locais onde mais ocorre tal crime. As denúncias podem ser feitas anonimamente e a qualquer hora através dos fones: (44) 3637-3439 para a região de Cianorte; (44) 3624-7630 para a região de Umuarama e (44) 3227-4356 para a Região de Maringá.

Com informações e fotos da Polícia Militar Ambiental de Cianorte

Compartilhe: