PM e Polícia Civil prende três pessoas suspeitas de manter duas famílias em cárcere privado por 12 horas

Policiais militares do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), pertencente ao 3º Comando Regional da PM (3º CRPM), prenderam quatro pessoas suspeitas de roubo e extorsão, em conjunto com a Polícia Civil. A ação policial aconteceu na última terça-feira (29/09) no Noroeste do estado, após duas famílias serem mantidas em cárcere privado por 12 horas.

De acordo com as informações repassadas pelo aspirante Murilo Saes Cruz, após um trabalho do Serviço de Inteligência da unidade, a Polícia Militar, em conjunto com a Polícia Civil, conseguiram prender quatro pessoas e recuperar todos os objetos roubados e dois simulacros de arma de fogo. Os suspeitos assumiram a participação no roubo e na extorsão.

Ainda segundo o aspirante Murilo, tudo começou no sábado (26/09), por volta das 19 horas, na zona Rural de Floresta, quando três homens armados renderam duas famílias e os mantiveram em cárcere privado com torturas físicas e psicológicas por, aproximadamente, 12 horas. Dois dias após o roubo, um homem ligou para as vítimas e exigiu R$ 60 mil e ameaçou as filhas das famílias.

As vítimas entraram em contato com a PM, que em conjunto com a Polícia Civil conseguiu prender os três envolvidos no roubo e na extorsão e da mulher de um deles que estava com os objetos. Diante dos fatos, os presos e os materiais foram encaminhados para as medidas necessárias.

Fonte: Marcia Santos – Comunicação Social da Polícia Militar do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse