Plataforma PIÁ recebe o Prêmio Excelência em Governo Eletrônico

O Paraná Inteligência Artificial (PIÁ), sistema que desburocratiza a prestação dos serviços públicos do Estado, simplifica e facilita a vida do cidadão paranaense, recebeu nesta quinta-feira (26) o Prêmio Excelência em Governo Eletrônico. A iniciativa reconhece projetos e soluções de governo eletrônico que aprimoram a administração pública e oferecem melhores serviços ao cidadão.

O PIÁ tirou em primeiro lugar, entre 89 participantes do prêmio, que é entregue anualmente desde 2002 pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP) e pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Lançado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em 27 de junho deste ano, desenvolvido pela Celepar, o PIÁ é o primeiro programa de inteligência artificial aplicado ao serviço público do Brasil. A plataforma e o aplicativo reúnem mais de 380 serviços do Governo em um só lugar e funcionam como canais de diálogo com o cidadão para atender suas demandas e reclamações. Ele possui níveis de informações personalizadas e se ajusta conforme a utilização. Para acessá-lo, basta entrar no site www.pia.pr.gov.br ou baixar o aplicativo e fazer as perguntas.

Ratinho Junior ressalta que a plataforma de prestação deserviços é um passo importante para o Paraná se tornar um dos Estados mais inovadores do Brasil. “Muitos países conseguiram prestar melhores serviços à população usando esta tecnologia. Todas as informações que o cidadão precisa estão disponíveis com muito mais facilidade”.

Leandro Moura, presidente da Celepar, ressalta a importância do programa para o cidadão. “O PIÁ nasceu para facilitar a vida do paranaense. Com um click, é possível pagar contas, obter informações que agilizam o dia a dia. O prêmio nos orgulha, principalmente o time Celepar que não mediu esforços para a criação do programa”, disse ele.

Com o PIÁ, o paranaense pode contar com mais agilidade em serviços como agendar atendimento em órgão públicos, segunda via de documentos, consultar pontuação da CNH, emitir guias de pagamentos, verificar o boletim dos filhos. O sistema de inteligência artificial demorou três meses para ser concebido e foi criado para ser simples, intuitivo e para que seja enxergado rapidamente pela população como uma plataforma auxiliar.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: