PF prende uma pessoa em Umuarama em operação de combate à pornografia infantil

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (14), a Operação “Livramento”, com o objetivo de reprimir a prática de crimes de produção, armazenamento e disseminação de material contendo pornografia infantil.

A ação, coordenada pela Delegacia de Polícia Federal em Guaíra, foi deflagrada na cidade de Umuarama, onde oito Policiais Federais deram cumprimento a um mandado de prisão temporária e dois mandados de busca e apreensão, emitidos pela 1ª Vara da Justiça Federal em Umuarama.

A investigação envolveu policiais de Guaíra e Brasília e contou com o auxílio da Interpol, que mantém banco de dados alimentado por países de todo o mundo, cujo objetivo é o combate aos crimes relacionados à pornografia infantil.

As diligências apontaram casos de abuso infantil registrados em fotos e vídeos, e compartilhados na rede mundial de computadores, através das suas camadas mais profundas, a chamada DeepWeb, sendo possível a identificação de um dos responsáveis pelo compartilhamento.

O Brasil, como país membro da Interpol, aderiu à Resolução 08 da Assembleia Geral da Interpol em 2011, por meio da qual se comprometeu a promover o gerenciamento de material de operações voltadas ao combate ao abuso sexual infantojuvenil de maneira centrada na vítima. No Brasil, a Interpol é representada pela Polícia Federal.

O investigado foi conduzido à Delegacia da Polícia Federal em Guaíra, onde foi ouvido e permanece a disposição da justiça.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Polícia Federal

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse