PCH Bela Vista tem mais de 80% das obras executadas

A construção da PCH Bela Vista, empreendimento orçado em R$ 217 milhões, ultrapassa 80% de execução. Além da usina, o recurso é também para a construção de uma subestação elevadora e uma linha de distribuição de alta-tensão que fará a conexão com a subestação Dois Vizinhos, para fazer a ligação ao Sistema Interligado Nacional. A linha de 18,4 quilômetros de extensão passará pelos municípios de Verê, São Jorge do Oeste e Dois Vizinhos.

Cerca de 450 pessoas trabalham em todas as frentes de serviço. A previsão é que a instalação da PCH seja finalizada em junho do ano que vem. Até lá, porém, a central já estará produzindo energia porque as quatro unidades geradoras começam a entrar em operação, uma a uma, a partir do mês de março.

A PCH Bela Vista terá capacidade para produzir 29,81 megawatts (MW) de energia, o suficiente para atender cerca de 100 mil consumidores. São três geradores na casa de força principal, com capacidade de produção de 29,3 MW, e outro na casa de força complementar, com potência instalada de quase 0,5 MW.

ESTÁGIO ATUAL

Ao longo do mês de novembro, duas importantes etapas foram concluídas na construção da PCH Bela Vista: a execução do concreto compactado da barragem de onde a água verte, permitindo o andamento da execução das ogivas.

Essas duas etapas são necessárias para o enchimento do reservatório previsto para janeiro de 2021. Para o fechamento das obras nessa porção da barragem, também está em andamento a construção da laje de proteção de jusante (rio abaixo) e do muro na margem direita.

Na barragem de segunda etapa, iniciada após o desvio do Rio Chopim em junho deste ano, 100% do volume total de concreto compactado previsto no projeto já foi executado. Além disso, foram iniciadas as concretagens de segundo estágio do pré-distribuidor da unidade 1 e a armação do trecho de sucção que antecede a montagem eletromecânica e descida do gerador da unidade 1.

A construção da tomada de água, ponto de captação do reservatório para os condutos que levarão até as turbinas, já atingiu 90%. A parte de construção civil da obra apresenta avanços da ordem de 80%.

CASA DE FORÇA

Na estrutura da casa de força o foco principal é a atuação conjunta para a instalação do gerador da unidade 1 e a continuidade da montagem eletromecânica desta unidade, que tem previsão de entrar em operação em março de 2021.

Bela Vista terá quatro unidades geradoras (conjuntos de turbinas e geradores). As três maiores serão montadas na casa de força principal, que fica a 150 metros da barragem, alternativa que permitiu melhor aproveitamento do desnível do terreno. Uma unidade geradora menor será instalada na casa de força complementar, junto à barragem, para gerar energia usando a vazão de mínima de água, que deverá ser mantida rio abaixo de forma permanente.

Com a chegada dos primeiros painéis elétricos, as atividades de montagem dos equipamentos eletromecânicos da PCH vão se intensificando ainda mais a partir de agora, já que a parte de construção civil da hidrelétrica está bastante avançada. O primeiro estágio de concretagem da casa de força foi finalizado e a cobertura e fechamentos laterais da edificação estão prontos também.

PONTE

O projeto completo ainda prevê a construção de uma ponte de 200 metros sobre o Rio Chopim como contrapartida para a comunidade do entorno, compondo uma ligação rodoviária entre os municípios de Verê e São João. A obra foi iniciada em maio de 2020 e está prevista para ser concluída em janeiro. A ponte terá largura total de 7,8 metros e pista dupla, além de dois passeios para pedestres e proteções laterais.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse