Paranacidade conclui plano de integridade e compliance

A Controladoria Interna (COI) do Serviço Social Autônomo Paranacidade venceu mais uma etapa do Projeto de Implantação do Compliance na instituição com a aprovação da matriz de responsabilidades junto à Controladoria Geral do Estado (CGE) e a consequente conclusão do Plano de Integridade e Compliance. “O esforço para dar continuidade aos trabalhos permanece igual, mesmo depois do período de isolamento social determinado pela crise do coronavírus. Dessa forma, poderemos entregar o documento ao superintendente executivo, Álvaro Cabrini, já no mês de maio”, explicou o controlador Rafael Felipe Lucas.

O Paranacidade é vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU).

A implantação de programas de Compliance está entre as diretrizes do governador Carlos Massa Ratinho Junior e é executado com a orientação da CGE em todos os Órgãos da Administração Estadual.

Entre seus objetivos estão o de reunir métodos e técnicas para a prevenção e a descoberta de práticas irregulares, ou ilegais, no serviço público. Sua aplicação promove ética, a honestidade e a legalidade nos processos internos e no relacionamento pessoal e institucional entre servidores, terceirizados, contratados e qualquer outro organismo público ou privado.

A Controladoria Interna do Paranacidade é responsável por assessorar a gestão de assuntos referentes ao Controle Interno e Externo e em relação à legalidade dos atos administrativos, como também pela promoção da transparência dos processos administrativos que envolvam contabilidade, patrimônio, tributação, pessoal, estoque, compras, obras e informática.

Outras frentes de atuação são a de tornar públicas as iniciativas do órgão, usando para isso o Portal da Transparência e links no site do Paranacidade, onde são publicados ações e contratos e as suas tramitações; a prestação de contas à população, ao fazer a interface com os sistemas do Tribunal de Contas do Estado; e monitorar a execução do Plano de Ação Estratégica da entidade e acompanhar os procedimentos administrativos, financeiros e jurídicos. “As ações da COI e o conjunto de ferramentas disponíveis, para o gerenciamento e a alimentação de dados, garantem ao Paranacidade o alinhamento aos mais modernos processos de governança”, afirma Rafael.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: