Paranacidade apoia municípios para melhoria da qualidade de vida

A avaliação dos resultados obtidos em 2019 e o Planejamento Estratégico para o ano de 2020 foram os temas do seminário promovido pelo Serviço Social Autônomo Paranacidade, em Curitiba. Na abertura do encontro, João Carlos Ortega, secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas e superintendente da instituição, avaliou os trabalhos realizados no ano e destacou os principais avanços na área.

“Foi um período de muito trabalho para vencer os desafios, mas o saldo foi altamente positivo. Tivemos que nos desdobrar, em todos os níveis, para atender as diretrizes desta gestão, as demandas da população, apresentadas pelas prefeituras, e dar a resposta técnica com qualidade, eficiência e a rapidez necessárias. Muitas vezes, tivemos de nos reinventar, mas ganhamos musculatura para ter uma atuação ainda melhor”, afirmou Ortega.

O superintendente executivo, Álvaro Cabrini, fez uma apresentação institucional dos resultados a partir dos programas do Paranacidade para a promoção do desenvolvimento urbano, abordando também as ferramentas disponibilizadas no apoio aos municípios, no encaminhamento de demandas e na apresentação e elaboração de projetos.

Cabrini mencionou outros avanços importantes, entre eles a adesão de 334 prefeituras do Paraná aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da ONU, e a licitação em andamento para a contratação dos serviços para elaboração dos Planos de Desenvolvimento Urbano Integrado para as Regiões Metropolitanas de Londrina, Maringá e Cascavel

Também foram destacados diversos projetos, como o Rotas Acessíveis, que tem o objetivo de elevar a qualidade da urbanização em setores específicos dos municípios; Ruas do Paraná, que propõem Projetos Integrados de pavimentação, captação de águas pluviais, acessibilidade, iluminação e urbanização; Zero Energy, que vai reduzir o gasto com energia e implantar a geração de energia fotovoltaica para 180 escolas, em uma primeira fase; e o Ilumina Paraná, para a melhoria da iluminação pública a partir da substituição de luminárias convencionais por sistemas a LED.

O procurador jurídico do Paranacidade, Luciano Borges, falou sobre o comprometimento da instituição com a qualidade, em todos os procedimentos, para atender a legislação e as exigências do Tribunal de Conta. “O Paranacidade, além da sua reconhecida qualidade técnica em relação aos projetos de engenharia, garante aos prefeitos a segurança jurídica por meio de um rigoroso acompanhamento. Ou seja, os processos realizados aqui trazem a garantia de que tudo acontece conforme o que a lei determina”, afirmou.

Além da diretoria do Paranacidade e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, participaram do seminário os gestores setoriais e funcionários de todos os escritórios regionais da instituição.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: