Paraná já vacinou 10 mil profissionais de educação e 10 mil das forças de segurança e salvamento

O Paraná ultrapassou nesta última segunda-feira (17/05) a marca de 10 mil vacinados contra a Covid-19 em dois novos grupos prioritários: os profissionais de forças de segurança e salvamento e os trabalhadores da educação. Segundo o Vacinômetro, entre os profissionais de segurança, o número de vacinados com a primeira dose já chega a 10.927, equivalente a 47,81% do total do grupo (22.853 pessoas). Entre os profissionais da educação, 10.405 pessoas receberam a primeira dose, que representa 6,15% do total da população estimada para o grupo (169.057 pessoas).

A vacinação destes trabalhadores foi iniciada semana passada como parte das medidas para retorno gradual das aulas presenciais na rede pública estadual, retomadas no dia 10 em uma parcela das escolas paranaenses. Para isso, a Secretaria estadual da Saúde distribuiu 32.760 doses da vacina produzida pela AstraZeneca/Oxford/Fiocruz para todo o Estado. Outros 8 mil profissionais foram imunizados anteriormente por integrarem o grupo de idosos, já contemplados pela vacinação.

“Trouxemos parte da prioridade para os trabalhadores da educação para ajudar a distensionar o momento do retorno das aulas, iniciando pelos profissionais de 55 a 59 anos”, explicou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Precisamos fazer com que a vacina chegue no braço de todos os paranaenses. Para isso, contamos com o apoio de todos os municípios para aplicar as vacinas tão logo elas cheguem. É importante continuar o trabalho de imunização em todos os grupos prioritários”.

Segundo o Plano Estadual de Vacinação, 4.812.142 pessoas compõem os 28 grupos prioritários da imunização. O Paraná já passa das 3 milhões de doses aplicadas, com 3.254.572 vacinas administradas desde o início da campanha, em 18 de janeiro. Destas, 2.145.209 são primeiras doses, totalizando 44,58% da população prevista nos grupos prioritários e 20,54% de todo o Estado. Já as segundas doses foram aplicadas em 1.109.363 pessoas, completando seu ciclo vacinal na proteção contra o vírus. Elas representam 23,05% dos grupos prioritários e 10,62% de todos os paranaenses.

DEMAIS GRUPOS

Além dos profissionais de educação e da segurança, a vacinação atualmente avança nos grupos de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas – o maior de todo o plano de vacinação – e pessoas com deficiência permanente grave. No primeiro grupo, são estimadas 1.328.677 pessoas, das quais 94.535 (7,11%) receberam a D1. No segundo, das 400.682 pessoas, 4.768 já iniciaram a imunização (1,19%).

Também segue a aplicação da segunda dose em grupos que já iniciaram seu ciclo de imunização, como nas pessoas acima de 60 anos.

Todos os números foram atualizados às 14h59 desta segunda-feira (17) no Vacinômetro, sistema mantido pela secretaria estadual de Saúde que mostra em tempo real os números da imunização no Paraná.

MAIS VACINAS

Nesta segunda-feira (17), a Secretaria da Saúde confirmou a chegada de mais 413,8 mil vacinas contra a Covid-19 ao Paraná. O lote, que corresponde ao 20º enviado ao Estado pelo Ministério da Saúde, é composto por 374.100 doses da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz e 39.780 da Comirnaty/Pfizer.

Os imunizantes da Astrazeneca estão divididos entre 229.100 doses de reforço para pessoas de 60 a 64 anos e 65 a 69 anos, e 145 mil para a primeira dose dos grupos de pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência. Já as doses da Pfizer começam a imunização com a D1 nos grupos de comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência.

Com a nova remessa, o Paraná terá recebido 4.905.000 doses de vacinas contra a Covid-19, somando os imunizantes do Instituto Butantan/Sinovac, Astrazeneca/Oxford/Fiocruz e Comirnaty/Pfizer.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse