Paraná é o segundo Estado que mais vacinou profissionais do Ensino Básico contra coronavírus

Com 142.287 doses aplicadas, o Paraná é o segundo Estado que mais vacinou profissionais da educação básica no Brasil até esta última segunda-feira (14). O número já corresponde a 84,16% de toda a população deste grupo prioritário no Paraná, que é estimada em 169.057 pessoas.

Os dados são do Vacinômetro mantido pelo Sistema Único de Saúde, que utiliza informações da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), alimentadas pelos municípios em tempo real.

Pela plataforma, São Paulo é o único Estado à frente do Paraná na vacinação em números absolutos, com 687.968 doses aplicadas. Na sequência, estão Rio Grande do Sul (142.113), em terceiro; Rio de Janeiro (141.762), em quarto; e Bahia (133.361), em quinto.

No Paraná, os profissionais da educação básica começaram a ser vacinados na segunda semana de maio, em consonância com as medidas de retorno às aulas presenciais na rede pública do Estado, que foram retomadas gradualmente a partir do dia 10.

“Estamos próximos de concluir a vacinação de mais um grupo prioritário muito importante dentro da estratégia de combate à pandemia no Paraná”, afirmou Beto Preto, secretário estadual de Saúde. “Seguimos imunizando os paranaenses com velocidade e agilidade, ampliando cada vez mais o número de grupos prioritários atendidos e, agora, também vacinando a população geral”.

“Esses dados mostram o compromisso do governador Ratinho Junior com a Educação do Paraná. Temos ações na área educacional muito à frente de outros estados, mas sabemos da importância de os jovens estarem na escola. Com esse avanço, vamos melhorar ainda mais nossos resultados”, destacou o secretário estadual de Educação e do Esporte, Renato Feder.

DOSES APLICADAS

Das 142.287 vacinas administradas pelo Paraná neste grupo, 142.135 (99,9%) correspondem à primeira dose da imunização. Isso se dá porque as vacinas da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz representam 94,2% de todas as vacinas aplicadas no grupo, e as da Pfizer/BioNTech, apenas 4,6%. Elas representam quase a totalidade (98,8%) das doses que necessitam do prazo de três meses para completar o ciclo de imunização com o reforço. As vacinas fabricadas pelo Instituto Butantan/Sinovac, cujo intervalo é de 21 dias, representam apenas 1,2% das vacinas administradas.

Na divisão por gênero, 84,7% do público vacinado no grupo são mulheres e 15,3%, homens.

No ranking por cidades, em números absolutos, Curitiba lidera a aplicação, com 14.125 doses administradas. A Capital é seguida por Maringá (6.501 ), Londrina (6.406), Foz do Iguaçu (5.716) e Cascavel (5.378).

ENSINO SUPERIOR

O Paraná também já começou a destinar doses para a vacinação dos profissionais vinculados ao Ensino Superior, grupo estimado em 54.110 pessoas no Estado segundo o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. Até esta segunda-feira (14), foram aplicadas 6.006 doses no grupo. Foram 5.964 D1 e 42 D2, englobando 11,02% do total de pessoas estimadas.

Neste grupo, a cidade que lidera a vacinação é Foz do Iguaçu, com 1.172 profissionais imunizados. Na sequência, aparecem os municípios de Londrina (738), Imbituva (459), Paranaguá (336) e Umuarama (310).

A vacinação nos servidores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) começou nesta segunda-feira (14). A primeira dose seguirá um cronograma entre 43 e 59 anos.

VACINÔMETRO

Segundo o Vacinômetro do SUS, o Paraná é o sexto Estado que mais vacinou contra a Covid-19 no Brasil. Foram 4.468.854 doses aplicadas, sendo 3.207.093 D1 (71,76%) e 1.261.761 D2 (28,23%).

A vacina do Instituto Butantan/Sinovac foi a mais aplicada até o momento, representando 50,7% do total. O imunizante da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz é o segundo mais utilizado, com 45,7%. Por fim, 3,6% das doses são da Pfizer/BioNTech.

Para esta semana, é esperada no Estado a chegada de um quarto imunizante para integrar a vacinação: a vacina Janssen, fabricada pelo braço farmacêutico da Johnson & Johnson. Administrada em apenas uma dose, ela será destinada ao grupo prioritário dos caminhoneiros.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Banner Edplants, Acesse