Paraná e instituição voltada à família discutem parcerias

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário do Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge, se reuniram na última terça-feira (04) com Ignacio Socías, diretor de Relações Internacionais da Federação Internacional para o Desenvolvimento da Família, que possui status consultivo na Organização das Nações Unidas (ONU). Foi o primeiro passo para o estabelecimento de parcerias entre o Paraná e a instituição.

Na reunião, o governador foi convidado para um encontro na ONU, em Nova York, em 31 de outubro, quando é comemorado o Dia Mundial das Cidades. “Penso que nosso encontro com o governador do Estado do Paraná vai ser muito frutífero para o estreitamento das relações da Federação Internacional para o Desenvolvimento da Família e também para que, a partir daí, se estabeleçam muitas outras alianças com cidades e regiões de todo o mundo, através das Nações Unidas”, disse Socías.

O programa Cidades Inclusivas para Famílias Sustentáveis, que Socías já apresentou em várias cidades pelo mundo, como Valência, na Espanha, Trento, na Itália, e Marselha, na França, foi um dos temas da conversa. O programa contém dez itens de desenvolvimento, como habitação, educação, segurança, transporte e outros.

Ratinho Junior destacou a importância de um olhar especial para diversas populações. “Uma das grandes metas do governo é pensar na qualidade de vida da população idosa”, comentou o governador, lembrando que em poucos anos haverá mais idosos do que crianças vivendo no Estado. Ele também falou sobre a implantação de um programa de incentivo para a criação de vagas para jovens que buscam o primeiro emprego.

“É importante trazer exemplos e pensar em programas para a família que também resultem em geração de renda”, comentou o secretário do Planejamento. Por isso, no encontro foi iniciada a discussão sobre a realização de um encontro latino-americano para políticas voltadas à família, em novembro, em Curitiba.

De acordo com Socías, os objetivos sociais são mais facilmente alcançados quando contam com políticas que envolvam as famílias, porque estão sempre ligadas com o combate a pobreza e violência, saúde, igualdade e geração de emprego, por exemplo.

A IFFD é uma instituição não governamental, independente e sem fins lucrativos, que possui como missão principal apoiar as famílias por meio de treinamento. Seus programas são oferecidos em 66 países nos cinco continentes e têm metodologia participativa, para ajudar a melhorar as relações entre casais e desenvolver suas habilidades de educação infantil. Ela tem parcerias com diversas entidades e mais de 7 mil voluntários em todo o mundo.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: