Nunca deixe de escovar a lingua


A higienização da língua é tão importante quanto escovar os dentes eusar o fio dental. Os restos alimentares quando não removidos da língua, aderem-se às papilas e reduzem sensivelmente a sensação do paladar, além de aumentar as bactérias na cavidade oral e, consequentemente, o índice de cárie, doenças gengivais e o mau-hálito.

A Saburra lingual é uma placa bacteriana esbranquiçada, podendo aindater a coloração amarelada ou amarronzada, que se forma na parte posterior (fundo) da língua. Esta placa é originada quando há a diminuição da produção de saliva ou uma descamação epitelial da mucosa bucal, ou ainda, oriunda da má higienização da língua.

A literatura registra que de 90% a 95% das halitoses, ou mau hálito, sãocausadas no ambiente bucal, e cerca de 5% a 10% têm causas sistêmicas. É muito comuns os pacientes que tem mau hálito atribuir ao estomago, porém na maioria das vezes não é o que acontece. Normalmente, o mau hálito pode ser atribuído ao estômago apenas em duas situações básicas: eructação gástrica, ou arroto, e refluxogastroesofágico, quando há uma deficiência no funcionamento da válvula que separa o esôfago do estômago.

A língua possui diversas papilas gustativas entre as quais se formam criptas, ou seja, saquinhos que retêm resíduos de alimentos, células epiteliais descamadas e placas bacterianas que começam a fermentar e a liberar odor de enxofre.

A higiene da língua é tão importante quanto a dos dentes, Por isso, ela não deve ser deixada de lado no momento de limpeza. As bactérias que causam o mau hálito, gengivite e cárie estão presente em todo meio bucal. A higiene pode ser feita com a própria escova, bem de leve e gradual.. Além disso, pode-se fazer uso de um limpador de língua, que pode ajudar consideravelmente na ação de limpeza e diminui a ânsia, caso o paciente tenha.

Portanto, ao sentir o menor sinal de mau hálito a primeira escolha deve ser o Dentista, que é o profissional indicado para diagnosticar o seu caso e trata-lo, ou indicar a outro profissional.

Colaboração: Dr. Wagner Destéfano

Cirurgião Dentista – CRO 10637

Compartilhe: