No mês que marca o meio ambiente, campanha estimula limpeza nos municípios

A Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e o Instituto Água e Terra (IAT) estão mobilizando os municípios e a população paranaense a postarem na internet o antes e o depois de uma limpeza.

A ação faz parte das atividades programadas para o mês do Meio Ambiente, em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, que será comemorado neste sábado (5). Devido à pandemia da Covid-19, a campanha orienta que é preciso evitar aglomerações, manter o distanciamento social, usar máscaras e higienizar as mãos.

Os 399 municípios do Paraná estão sendo estimulados a fazer o recolhimento de resíduo e postar fotos de como o local era e como ficou, com a hashtag #ParanáMaisLimpo. “Nós, humanos, somos os maiores causadores de resíduos todos os dias e precisamos de ferramentas como essa para minimizar os impactos causados”, afirmou o secretário Marcio Nunes.

A campanha pede que os municípios incentivem seus moradores a participar com o objetivo de promover a conscientização ambiental. A população deve ir até um local que precise de manutenção e limpeza, tirar uma foto ou selfie da área antes de fazer a limpeza e a separação dos resíduos.

Depois de cumprir o desafio, basta tirar uma foto ou selfie da mesma área e postar nas redes sociais com #ParanáMaisLimpo. É possível postar no Facebook, Instagram e LinkedIn. Também são permitidas postagens de desenhos feitos por crianças, a fim de promover a consciência ambiental.

Segundo o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto, estimular os municípios e a população a realizar pequenas atitudes faz parte da política de educação ambiental da Secretaria. “Quando mobilizamos um trabalho pequeno em cada canto do Estado, conseguimos um grande resultado e, com certeza, promover um Paraná mais limpo”, disse.

NA PRÁTICA

O município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), já está engajado na campanha. De acordo com a coordenadora de conservação e limpeza pública do município, Tatiane Martins Soares Ribeiro, a ação vem ao encontro do programa Colombo Mais Limpa, em que os bairros da cidade receberam trabalhos de limpeza de ruas e espaços públicos, roçadas, podas de árvores, fiscalização e educação ambiental.

“O nosso programa tem o objetivo de promover ações de limpeza, principalmente para identificar possíveis focos do Aedes aegypti, mosquito causador de doenças como a dengue, zica e chikungunya. O objetivo é provocar os moradores para reduzir os depósitos de resíduos nas residências, em terrenos baldios, e promover a limpeza de áreas privadas”, afirmou.

“Temos recebido muitas manifestações das prefeituras, o que mostra que é possível realizar uma campanha para o bem do meio ambiente em meio a uma pandemia e ter sucesso”, disse o diretor-presidente do IAT, Everton Souza.

REFERÊNCIA EM DESTINAÇÃO

O Paraná se destaca na destinação correta de resíduos. Essa é mais uma ação que rememora esse bom desempenho e a necessidade de manter o trabalho diário em prol do meio ambiente.

Uma das principais iniciativas é com as embalagens vazias de agrotóxicos. O agricultor, no ato da compra, recebe a orientação de que é obrigatória fazer a tríplice lavagem, quando aplicável, e da necessidade de entrega do resíiduo nas unidades de recebimento.

Com essa organização, o Estado é, de acordo com indicativo do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), o segundo do País que mais recolhe e destina corretamente as embalagens deste tipo de produto. Em 2019, a destinação final chegou a 99% no território paranaense.

“É um trabalho muito grande feito em conjunto entre a secretaria e o IAT com as cooperativas, sendo um dos programas mais consolidados do Brasil. O projeto conta com a participação do fabricante, dos vendedores e dos consumidores, de uma maneira que fica barato para todo mundo e funciona muito bem”, afirmou o secretário Márcio Nunes.

Ele também citou que o Paraná é exemplo na coleta de pneus e na destinação correta de lâmpadas fluorescentes nos 399 municípios.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse