No Mês da Mulher, CREAS realiza palestra sobre violência doméstica com o Núcleo Maria da Penha

Mais de 100 mulheres participaram da palestra em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Nesta terça-feira, 12, a Secretaria Municipal de Assistência Social através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social promoveu uma palestra sobre “Violência Doméstica”, com o Núcleo Maria da Penha de Paranavaí, no Clube do Idoso Reviver em Cristo de Rondon.

Composta pelas palestrantes Mônica Mariele, Assistente Social, Bruna Ricordi, Psicóloga, Bruna Andrade, Advogada, o Núcleo Maria da Penha teve como objetivo conscientizar as mulheres sobre a situação da violência no âmbito familiar e oferecer esclarecimentos sobre como procurar apoio para vencer o ciclo de violência doméstica.

Segundo a gestora da Assistência Social Nanci Valloto, a ideia é oferecer as mulheres de nosso município não só o auxílio jurídico, mas todo o acompanhamento psicológico e social necessário para que elasse protejam.

Para isso, o Núcleo Maria da Penha apresentou um pouco sobre o que faz e como cada área pode ajudar a mulher vítima de violência doméstica a procurar ajuda.

Durante a palestra abriu espaço para que as pessoas presentes fizessem perguntas e tirassem suas dúvidas. “Falar sobre o ciclo da violência doméstica é reconhecer que o ser humano é perceptível a qualquer ação familiar, onde a situação violência em muitos dos casos são vivenciadas e tidas como algo normal pelo companheiro/a, “apenas por ser mulher”, “sexo frágil”, ”ser submissa”, o que de fato NÃO É! Sofrer violência doméstica implica primeiramente reconhecer que o seu direito está sendo violado, assim como o seu direito não é mais e nem menos do que o direito do outro. Nós agentes do CREAS acreditamos que debater o tema violência doméstica é um processo de transformação, onde as mulheres se fortalecem e busquem mais pelos seus direitos”, afirmou a coordenadora do CREAS, Ana Camila Di Renzo.

Infelizmente a violência doméstica é uma triste realidade que deve ser enfrentada diariamente, em todas as suas dimensões. Por isso, o compartilhamento de informações é uma importante ferramenta que possibilita a integração da Defensoria Pública com a comunidade, declarou o Núcleo Maria da Penha de Paranavaí.

O evento contou com a presença do prefeito Ailton Valloto que deu as boas-vindas a todos os presentes, primeira-dama Nanci Valloto, coordenadora do CREAS Ana Camila Di Renzo, Elizabeth Moura Larantes (assistente social/CREAS), Jéssica Anne, (assistente social/CREAS), dos funcionários administrativos do Órgão Gestor,Vanessa Maria Amaral (coordenadora do CRAS), e com a ilustre presença do Grupo de Mulheres dos diversos Bairros do Município de Rondon (Vila Rural e Bernardelli). O Centro de Referência Especializado de Assistência Social proporcionou um delicioso café da manhã e um sorteio com diversos brindes para as participantes.

Em caso de violência doméstica procurar a Delegacia Municipal ou ligar pelo número 190, ou LIGUE 180/181.

NÃO SE CALE.

DENUNCIE!

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Rondon

Compartilhe: