Municípios recebem equipamentos para melhoria de estradas rurais

O Governo do Estado repassou 18 escavadeiras hidráulicas para municípios do Paraná readequaram suas estradas rurais. Os equipamentos, adquiridos por meio de emenda parlamentar federal, foram entregues pela governadora Cida Borghetti nesta segunda-feira (23), durante evento no pátio da Codapar, na BR 277, em Curitiba. Curitiba, 23/04/2018. Foto: Arnaldo Alves/ANPr

O Governo do Estado repassou 18 escavadeiras hidráulicas para 18 municípios trabalharem na readequação e melhoria de suas estradas rurais. Ao entregar os equipamentos, nesta segunda-feira (23), a governadora Cida Borghetti ressaltou a importância de estradas em boas condições e lembrou que a melhoria das vias gera impacto na infraestrutura dos municípios e na vida dos produtores rurais.

Há mais segurança e agilidade no transporte dos insumos e produtos. Temos que administrar olhando e cuidando das pessoas”, afirmou a governadora. “Somos municipalistas, e fazemos uma gestão cada vez mais humanizada e próxima da população”, disse ela.

A entrega foi feita no pátio da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar), em Curitiba. Os equipamentos foram adquiridos por meio de emenda parlamentar federal. O investimento ñas 18 escavadeiras chega a R$ 7 milhões.

Cida ressaltou o trabalho feito em conjunto feito com a bancada federal. “O Paraná tem 30 deputados na Câmara e todos eles, independente da cor partidária, alocam emendas em benefício do Estado. Quero agradecer essa parceria”, afirmou.

MELHORIAS 

O diretor-presidente da Codapar, Tino Staniszewski, explicou que as novas máquinas complementam o trabalho das patrulhas rurais, conjunto de equipamentos comprados e repassados pelo Governo do Estado aos municípios. O Estado está investindo cerca de R$ 43 milhões na compra de 16 patrulhas. Deste total, nove já foram adquiridos, dentro do programa Pró-Rural, executado pelo governo estadual com financiamento do Banco Mundial. Outras sete estão em processo de licitação para serem compradas com recursos próprios do Estado.

Elas vão auxiliar ainda mais na questão de manutenção das estradas rurais. Essas rodovias, além do escoamento da safra, colaboram também com a questão do transporte escolar e da própria saúde dos moradores”, disse Staniszewski.

ECONOMIA

A chegada da escavadeira hidráulica a Mandaguari, no Norte do Estado, vai gerar economia para a município, que tem cerca de 40 mil habitantes. “Sempre que precisamos desse tipo de trabalho temos que contratar mão de obra. Isso nos custa R$ 250 por hora. No ano todo, a conta fica entre R$ 350 mil e R$ 400 mil. Agora passaremos a ter uma máquina a nossa disposição e ela resolverá muitos problemas, tanto na zona rural quanto na urbana”, disse o prefeito, Romualdo Batista.

Pouco mais de metade dos 10 mil habitantes de Tamarana, no Norte do Estado, vivem na zona rural. “Com essa escavadeira, vamos conseguir melhorar as condições de vida de quem mora nessa região, arrumando parte dos 700 quilômetros de estradas rurais que temos”, disse o prefeito do município, Beto Siena.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: