Municípios da região recebem investimentos em saúde

miquele01

Nenhum dos municípios da região de Cianorte deixou de receber investimentos na área da saúde, durante a gestão do Governador Beto Richa, como aponta o relatório apresentado pelo Secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, durante visita na região, na última quinta-feira (9), quando inaugurou as obras de reforma e ampliação da 13ª Regional de Saúde.

O balanço foi apresentado durante uma coletiva de imprensa, na qual o Secretário destacou os investimentos feitos na área em todos os municípios da região. “Estou a frente da pasta desde 2011 e desde o início temos buscado investir e fortalecer as regionais e as secretarias municipais na área da saúde, pois eles estão em contato direto com as pessoas e conhecem as reais necessidades de cada região.”, destacou o secretário.

De acordo com o secretário todos os investimentos são feitos de forma consciente, com apoio técnico através das redes, o garante mais eficiência e transparência. Além de equipamentos, o Governo Estadual também tem investido na capacitação das equipes de saúde e de apoio. “Através das capacitações temos profissionais capazes de realizar um trabalho ainda melhor, proporcionando um atendimento mais qualificado para os pacientes atendidos.”, destaca Michele.

INVESTIMENTOS – Durante o encontro, o Secretário Michele Caputo Neto apresentou uma série de investimentos feitos na área de saúde, desde 2011, e que beneficiam a população de Cianorte e região. Em nível regional, o secretário destacou os investimentos na 13ª Regional de Saúde (13ªRS) como equipamentos de videoconferência e televisão 52″; renovação dos equipamentos de informática com 18 computadores e 3 impressoras; instalação de Câmara Fria para armazenamento de termolábeis; 04 veículos novos (03 Parati e 01 Caminhonete Ranger).

Além destas, o secretário destacou a contratação de 05 servidores para a Regional, sendo 2 farmacêuticos, 2 bioquímicos e 1 técnico administrativo; a implantação do Paraná Urgência junto ao SAMU Noroeste; capacitação de todos os profissionais de saúde da região através do programa APSUS; 4 ônibus para o Transporte sanitário; e implantação da Farmácia do Paraná, na sede da 13ªRS, que distribui medicamentos de alto custo e uso contínuo, usados no tratamento de mais de 80 doenças, como Alzheimer, Parkinson, hepatites virais, esclerose múltipla, entre outras.

O Secretário também destacou a construção da sede própria da Unidade de Coleta e Transfusão (Banco de Sangue) que contou com investimentos de R$ 901.360,00. A entidade também recebeu 10 computadores, 04 leitores de barra e 04 impressoras e 02 equipamentos semi-novos.

O Consórcio Publico Intermunicipal de Saúde do Centro Noroeste (CISCENOP) também tem sido contemplado pelo Governo Estadual através do programa CONSUS. Tanto que na última quinta-feira (09), o Secretário assinou o convênio que garante o aumento de repasses de R$ 23 mil para 56 mil, além da cessão de aparelho de Ultrassom. Além do pagamento de aluguel da sede do consórcio e do Centro de Especialidades (CEO), o que totaliza quase R$ 70 mil em recursos mensais.

Os Hospitais de Cianorte também são contemplados pela Secretária de Estado da Saúde. A Santa Casa recebe repasses de R$ 110 mil através do Programa HopSUS destinados a auxiliar a manutenção do Hospital, além de um convênio de R$ 96 mil usado em suporte e capacitação. O Hospital São Paulo/Instituto Bom Jesus também é beneficiado com incentivo financeiro de mais de R$ 20 mil por mês através do programa Mãe Paranaense.

Segundo o balanço apresentado, os municípios receberam investimentos através do programa VIGIASUS que visa fortalecer e qualificar as ações de Vigilância em Saúde, sendo R$ 851.082,39 para Cianorte; R$ 363.734,60 para Cidade Gaúcha; R$ 314.620,90 para Guaporema; R$ 334.296,99 para Indianópolis; R$ 332.136,83 para Japurá; R$ 340.110,60 para Jussara; R$ 348.903,87 para Rondon; R$ 311.564,99 para São Manoel do Paraná; R$ 337.745,94 para São Tomé; R$ 403.799,64 para Tapejara e R$ 341.399,32 para Tuneiras do Oeste.

Todos os municípios também foram contemplados com veículos adquiridos com recursos do Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde (APSUS), sendo que Cianorte recebeu três veículos (R$ 360 mil em investimento); Ambulância e Van (R$ 240 mil) para Cidade Gaúcha; Guaporema e Tuneiras do Oeste; microônibus e van (R$ 360 mil) para Indianópolis e Jussara; Palio, Siena e Van para Japurá (R$ 600 mil); 2 ambulâncias e 2 vans (R$ 360 mil para Rondon); Etios e ambulânica (R$ 120 mil) para São Manoel do Paraná; 1 ambulância e 2 vans para São Tomé (R$ 360 mil); e 2 ducato para Tapejara (R$ 360 mil).

Cada um dos municípios da área de abrangência da 13ª Regional de Saúde receberam 03 computadores destinados para Sala de Vacinação; Farmácia Básica e Saúde do Trabalhador; além do incentivo de organização a assistência farmacêutica; e, Apoio ao controle Social (CMS) com equipamentos e recursos financeiros no valor de R$ 8.771,00.

Os municípios também receberam equipamentos para as Unidades de Saúde da Família (USF) no valor de R$ 115 mil cada; além disso receberam a construção da USF as cidades de Cianorte; Cidade Gaúcha, Guaporema; São Tomé e Tuneiras do Oeste, sendo que este último também recebeu a construção da Unidade de Apoio e reformas nas unidades. Além disso, os municípios de Rondon, Tapejara, Indianópolis e Japurá receberam investimentos para reformas em Unidades Básica de Saúde.

Através do HospSUS o Governo Estadual também repassa incentivos mensais para os hospitais de Cianorte, Cidade Gaúcha; Indianópolis; Jussara; Rondon e Tuneiras do Oeste. Através de investimentos do Governo Estadual foram executadas obras de reforma hospitalar em Tuneiras do Oeste (R$ 2321.00,15) e Rondon (R$ 294.930,91).

De acordo com o relatório divulgado pelo Secretário Michele Caputo Neto, Cidade Gaúcha também conta com cessão de Kit Hospitalar de Urgência e Emergência; já Tapejara recebeu um aparelho de ultrassão em cessão da SESA; e Tuneiras do Oeste recebeu equipamentos hospitalares – Cama elétrica, aparelho de Raio X e bisturi e Kit de Urgência e Emergência para o hospital municipal.

Texto e foto: Juliano Secolo/FOLHA

Compartilhe: