Motorista foge após atropelar casal de moto próximo ao trevo de Indianópolis

Uma colisão entre uma VW Saveiro e uma motocicleta Honda tirou a vida de Eliane Donizete Stocco de 49 anos, na noite desta última segunda-feira (07), na PR-082 a 100 metros do trevo de acesso a Indianópolis.

A equipe de plantão do Hospital Municipal de Indianópolis foram os primeiros a prestarem socorro as vítimas. As ambulâncias do SAMU de Cianorte foram acionadas.

Segundo as informações, a motocicleta que era conduzida pelo esposo de Eliane trafegava no sentido Cianorte a Indianópolis, e ao se aproximar do trevo um veículo Saveiro com Placas de Cianorte, colidiu na traseira da motocicleta atropelando ambas as vítimas.

O condutor da motocicleta foi encaminhado pra a Santa Casa de Cianorte com trauma de crâneo com risco de morte, já Eliane foi atendida pela equipe Avançada do SAMU com trauma em crâneo, face e membros superiores (braços). Por cerca de uma hora, a equipe médica tentou reanima-la, más infelizmente ela entrou em óbito ainda no local.

O motorista da Saveiro deixou o local logo após a colisão. Algumas pessoas que chegaram no local tentaram segura-lo, mas ele fugiu sem mesmo esperar pelo socorro as vítimas.

Uma equipe da Polícia Militar de Indianópolis esteve no local para auxiliar no atendimento e controlar o trânsito que ficou parado até a retirada dos veículos e vitimas do local. A PRV de Cianorte esteve presente confeccionando o boletim de atendimento de acidente e liberação do Corpo que foi encaminhado pela equipe do Posto do IML em Cianorte, até a cidade de Campo Mourão para exames de necropsia e posteriormente entregue aos familiares.

ESPOSO

O homem de 52 anos conhecido como “Ferruginho” esposo de Eliana Donizete Stocco que faleceu no local, foi encaminhado para a Santa Casa de Cianorte pela Unidade Básica do SAMU após os primeiros atendimentos por parte do médico do SAMU.

Segundo informações da FUNDHOSPAR (antiga Santa Casa), “Ferruginho” teve um sangramento na cabeça (sangramento considerado leve) escoriações por todo o corpo e trauma em úmero (se refere a ruptura do úmero, o maior osso do braço, muitas vezes chamada de fratura do ombro), porém está estável e consciente. Até o início desta terça-feira (09) ele permanecia em observação na enfermaria do Hospital.

Fonte: Noti-cia.com / Foto: Valério Batista

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse