Motorista é preso após ser flagrado com cigarro de maconha em Cianorte

No início da noite da última terça-feira (26), por volta das 18h30, durante patrulhamento preventivo ostensivo pela Avenida Coruja, a equipe policial se deparou com um veículo Gol, de cor prata, que ao se aproximar a equipe pode visualizar o condutor fazendo uso de um cigarro que aparentava ser de maconha.

Diante da situação, foi dado ordem de parada ao veículo, com sinais luminosos e sonoros, vindo o condutor neste momento a dispensar o cigarro pela janela, sendo possível realizar a abordagem e busca pessoal ao condutor de 28 anos de idade. Durante abordagem, era notável o cheiro forte de maconha.

Indagado, o cidadão veio a relatar que o cigarro que ele dispensou seria um “beck’’ (nome dado ao cigarro de maconha), ainda informou que teria outro em seu veículo. Realizada a busca, foi localizado no porta objetos do painel certa quantia de maconha (totalizando 02 gramas).

Durante abordagem foi possível notar que o cidadão estava com os olhos vermelhos e comportamento irônico. Diante do exposto, o autor recebeu voz de prisão e posterior, foi conduzido juntamente com o entorpecente apreendido para tomada das providências cabíveis. Já o veículo foi recolhido para o pátio da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) por questões administrativas.

SÃO TOMÉ

Por volta das 21h, desta última terça-feira (26), a equipe policial de São Tomé, recebeu solicitação via Central de Comunicações, que na Rua Gentil Cândido Pereira estaria acontecendo uma briga generalizada.

No local, a equipe foi recebida por uma das partes, que afirmou que se encontrava em sua residência, quando uma motoneta Honda Biz, de cor vermelha, ocupada por duas pessoas, aparentemente do sexo masculino, o ocupante da garupa, segundo o relato, estava de posse de uma lajota e com o intuito de feri-lo.

O solicitante informou que para não ser agredido pelo homem, que estava de posse da lajota, foi de encontro aos dois e tentou segurá-los, porém, os dois vieram a cair da motoneta.

A equipe ouviu a outra parte envolvida, o qual relatou que, alguns minutos atrás a condutora de 18 anos estava transitando pela Rua Gentil C. Pereira, quando foi surpreendida por um cachorro, que começou a persegui-la e em dado momento, o animal mordeu sua perna direita.

Após a agressão, a vítima procurou atendimento médico e assim que liberada, retornou ao endereço do fato, juntamente com um rapaz (garupa) menor de idade de 15 anos, afim de comunicar e indagar o responsável pelo animal, sobre o ocorrido.

Segundo a mulher, o menor estava segurando uma lajota com o intuito de se protegerem. Porém, ao se aproximarem da residência, foram recebidos pelo morador de 47 anos, com socos e tapas, vindo a sofrerem uma queda.

Durante a abordagem aos envolvidos, constatou-se que a motoneta envolvida no fato, apresentava débitos provenientes desde o ano de 2019 e era conduzida por um condutor não habilitado. Diante dos fatos, a motoneta e as três partes envolvidas foram conduzidas, para os procedimentos de praxe.

Fonte: Comunicação Social da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse