Meu Campinho garante inclusão de forma sustentável

Promover a inclusão de forma sustentável é uma das principais metas do programa Meu Campinho. Na prática, as unidades garantem às famílias o acesso à prática esportiva e espaço de convivência dentro de uma concepção que inclui a atenção ao meio ambiente, conforme um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). O programa é executado pelas prefeituras com recursos autorizados pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, com operação do Serviço Social Autônomo (Paranacidade), vinculado à pasta.

“O compromisso do governador Ratinho Júnior de não deixar ninguém para trás fica muito claro com a implantação de 129 unidades Meu Campinho em quase 100 municípios. Revela a preocupação de garantir espaços onde todos possam praticar esportes, fortalecer os valores familiares e esportivos, conhecer a vizinhança em ambientes saudáveis. É bom para as crianças e para as famílias”, diz o secretário de Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega.

“A proposta responde à necessidade descrita no ODS 11, de aumentar a urbanização inclusiva e sustentável, em assentamentos urbanos cada vez mais participativos, integrados e sustentáveis”, destaca o articulador dos ODS no Paranacidade, Geraldo Farias.

O Meu Campinho foi trazido ao Estado pelo atual governador, na época em que respondia pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano. Desde janeiro de 2019, o Governo do Estado já liberou R$ 45,6 milhões (dos quais R$ 23,7 milhões já pagos), em recursos do Tesouro do Estado e do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM) para a implantação de 129 unidades já concluídas, em execução ou com a entrega das autorizações de homologação ou de licitação.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse