Justiça destina R$ 1 milhão para o combate ao coronavírus na região de Maringá

A 3ª Vara da Justiça Federal de Maringá, no norte do Paraná, destinou R$ 1,06 milhão para auxiliar os municípios e hospitais da região no combate ao novo coronavírus. O dinheiro vem da execução de penas alternativas de processos criminais, que substituem o tempo de prisão por trabalho comunitário ou pagamentos de valores.

Segundo a Justiça Federal, o valor será utilizado para a compra de equipamentos, insumos e materiais de proteção os profissionais de saúde que estão atuando no combate ao coronavírus.

Do total, o Hospital Universitário de Maringá recebeu R$ 200 mil, enquanto R$ 600 mil foram destinados à Prefeitura de Maringá. A Fundação Hospitalar de Astorga obteve R$ 15 mil e a Fundação Vale do Paranapanema, em Colorado, outros R$ 18 mil.

Outros municípios também tiveram o repasse formalizados: Cianorte: R$ 150 mil; Paiçandu: R$ 25 mil; Japurá: R$ 18 mil; Indianópolis: R$ 15 mil; São Tomé: R$ 11.527,50; São Manoel do Paraná: R$ 7.500;

Ainda de acordo com a Justiça Federal, esse dinheiro geralmente é encaminhado para entidades assistenciais, escolas, órgãos de segurança, entre outros. A recomendação do repasse para o combate ao novo coronavírus veio do Conselho Nacional de Justiça e do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

A medida tinha sido tomada também na região de Foz do Iguaçu, com repasse de R$ 1,04 milhão para o Hospital Municipal da cidade. O dinheiro veio do que foi pago por sete réus, que fizeram colaboração premiada, na Operação Pecúlio/Nipoti. O valor servirá para a compra de equipamentos hospitalares que ajudem a garantir a esterilização de materiais no combate ao coronavírus.

Em Curitiba, a Justiça Federal liberou R$ 71 mil para a produção de 500 mil máscaras de proteção que serão usadas por presos e servidores do sistema prisional do Paraná.

O Paraná tem 229 casos confirmados do novo coronavírus, segundo boletim divulgado nesta quarta-feira (1º) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Na comparação com o levantamento de terça-feira (31), 44 novos casos foram confirmados.

Fonte: G1 Norte e Noroeste / Imagem Ilustrativa

Compartilhe: