Ipem em Maringá reprova 100% das marcas de toalhas de papel

A equipe da Regional de Maringá do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná reprovou 100% das onze marcas de papel-toalha interfolhado com valor nominal de 1.000 (um mil) unidades, que passaram pela fiscalização em novembro.

Foram coletadas, em oito pontos de revenda, 570 amostras de 11 marcas encontradas no comércio da cidade, e encaminhadas para verificação no Laboratório de Pré-Embalados da Regional, onde os testes foram feitos em consonância com a legislação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

As amostras foram reprovadas pela falta de produto e dimensão em desacordo com as indicadas nas embalagens, sendo que o maior erro encontrado foi em um lote das amostras que chegou a faltar 189 folhas na média, no universo de 1.000, o que representa 18,9% a menos do produto comercializado. Outras amostras foram reprovadas pela falta nas medidas indicadas na embalagem, sendo que em uma das amostras onde a indicação era de 21 cm no comprimento, e o teste indicou apenas 20,2 cm.

O gerente da Regional de Maringá, Michel Ravazi, disse que a partir de várias denúncias que chegaram à Ouvidoria do Instituto, iniciou a operação há mais de 60 dias, com a coleta do material no comércio local, depois os testes foram marcados e os representantes das marcas convidados para acompanhar esse trabalho no Laboratório.

PRÉ-EMBALADOS

Os produtos pré-embalados são aqueles pesados e medidos longe das vistas do consumidor e em condições de comercialização imediata, explica o gerente de Pré-Embalados do Ipem, Sérgio Camargo, e devem cumprir o que determinam os regulamentos do setor, segundo legislação do Inmetro, para produtos comercializados em unidades de comprimento e em número de unidades de conteúdo nominal igual.

No caso do papel-toalha interfolhado, explica o gerente Sérgio Camargo, a quantidade e as dimensões do produto devem estar de acordo com indicação apontada nas embalagens. Caso não estejam de acordo, o fabricante deve ser autuado. “A fiscalização em Maringá encontrou erros que superaram a tolerância individual prevista em legislação, que é de 1% quanto ao número de unidades indicadas”, afirmou o gerente da Regional de Maringá, Michel Ravazi.

As marcas analisadas foram:

– Papel toalha interfolhado da marca Nobre – apresentou erro em 7 amostras do total analisado no quantitativo e no dimensional.

– Papel toalha interfolhado da marca Creppil – apresentou erro em 2 amostras do total analisado, no quantitativo.

– Papel toalha interfolhado da marca Ecology – apresentou erro em 16 amostras do total analisado no quantitativo e dimensional.

– Papel toalha interfolhado da marca Gold – a marca apresentou erro em 10 amostras do total analisado no quantitativo.

– Papel toalha interfolhado da marca Eco Passione – erro em 5 amostras do total analisado no quantitativo.

– Papel toalha interfolhado da marca Remapel – a marca apresentou erro em 20 amostras do total analisado no quantitativo e no dimensional.

– Papel toalha interfolhado da marca Levis – a marca apresentou erro em 8 amostras do total analisado no quantitativo e no dimensional.

– Papel toalha interfolhado da marca Vipp – a marca apresentou erro em 6 amostras do total analisado no quantitativo.

– Papel toalha interfolhado da marca Daelle – a marca apresentou erro em 18 amostras do total analisado no quantitativo e no dimensional.

– Papel toalha interfolhado da marca Fiel – a marca apresentou erro em 13 amostras do total analisado no quantitativo e no dimensional.

– Papel toalha interfolhado da marca Eccologi – erro em 6 amostras do total analisado no quantitativo.

OUVIDORIA IPEM-PR

Em caso de dúvida, ou para fazer alguma denúncia, o cidadão deve entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-PR, pelo telefone 0800 645 0102, de segunda a sexta, de 8 h às 12 h e 13 h às 17 h, ou através do site do Ipem-PR: www.ipem.pr.gov.br, no link Ouvidoria.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: