Governo testa plataformas para acelerar alcance dos ODS

O Governo do Paraná inicia nesta semana os testes da plataforma BI – Paraná de Olho nos ODS, desenvolvida pela Celepar, para mapear, acompanhar e monitorar os indicadores relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo é facilitar a adesão de municípios, empresas e organizações não governamentais aos ODS.

O sistema de Business Intelligence foi desenvolvido, sobretudo, para orientar os gestores estaduais e municipais na elaboração de diagnósticos socioeconômicos e políticas públicas que atendam a Agenda 2030, plano de ação com 17 objetivos e 169 metas para erradicar a pobreza, com o ineditismo de alcançar dados dos 399 municípios paranaenses.

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social – Cedes, em parceria com a Celepar, disponibilizou a aplicação de BI para testes dos indicadores que estão sendo realizados pelos municípios de Araucária, Curitiba e Ubiratã em um projeto piloto.

“O sistema vai ajudar a analisar, compreender e desenvolver estratégias, a partir das informações coletadas nos municípios e junto aos diversos parceiros do governo, para atingir os ODS e estender a interiorização da Agenda”, afirma o superintendente da governança da Casa Civil, Phelipe Mansur. “O objetivo é que a Agenda 2030 chegue a todo o Paraná.”

PORTAL

Além da plataforma BI, outra ferramenta recém-lançada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior para expandir o alcance dos objetivos, foi o portal Boas Práticas ODS (www.boaspraticasods.pr.gov.br).

O portal permite a publicação de iniciativas individuais e coletivas, bastando descrever o projeto e apontar qual objetivo ele contempla. Há espaço para fotos, vídeos e um mensurador do impacto social daquele projeto.

Também é possível navegar pelos 17 compromissos assumidos pelo Paraná e pelo País e ver como as iniciativas estão sendo implementadas em todas as regiões do Estado.

DESTAQUE

Pelo trabalho realizado com os ODS, o Paraná foi o estado convidado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) para representar o Brasil em um grupo de trabalho que irá apoiar outros países e regiões a atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Ao entrar para o grupo seleto, com apenas mais oito países, o Paraná também passou a contar com o suporte técnico da OCDE para atingir os 17 objetivos de uma forma mais rápida.

A participação do Estado neste grupo já está em andamento e independe de qualquer definição sobre a entrada ou não do Brasil na OCDE.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: