Governo recebe APP-Sindicato para debater contratações temporárias

Representantes da APP-Sindicato e professores estiveram reunidos nesta última terça-feira (17) na Casa Civil do Governo do Estado para tratar de demandas específicas dos funcionários temporários, contratados pelo regime de Processo Seletivo Simplificado (PSS). Participaram da reunião o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o diretor-geral da Secretaria de Estado da Educação, Glaucio Dias, e o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Hussein Bakri.

A principal solicitação dos professores é que o governo suspenda o processo seletivo para 2021, marcado para o dia 13 de dezembro. Diferente dos outros anos, quando eram exigidos apenas prova de títulos e tempo de serviço, neste será realizada também uma prova de conhecimento da área em que o candidato se inscrever.

O pedido será avaliado por um grupo de trabalho com a participação das secretarias da Fazenda, Administração e Previdência, Procuradoria Geral do Estado, além da Casa Civil e da Educação.

Em paralelo, técnicos da Fazenda, da Casa Civil e da APP-Sindicato vão acompanhar questões orçamentárias pertinentes às demandas para analisar sua viabilidade.

O diálogo com os professores será reforçado, ainda, pela comissão permanente de diálogo com os servidores públicos, criada no ano passado, e que dará ênfase, agora, nas questões relacionadas aos contratos PSS.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe:
Banner Edplants, Acesse