Governo fecha o ano com liberação de R$ 40 milhões para escolas

O Governo do Paraná está destinando, nestes dois últimos meses do ano, cerca de R$ 40 milhões para reformas e reparos em 37 colégios estaduais. A aplicação desses recursos beneficia cerca de 20 mil estudantes. Nesta sexta-feira (30), em Maringá, a governadora Cida Borghetti assinou ordens de serviço e de licitação para intervenções em 11 colégios da região Noroeste. Na quinta-feira foram confirmados recursos para cinco escolas, sendo duas delas novas construções.

O investimento é feito por meio Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar). “Esse é o modelo que adotamos. O dinheiro que entra nos cofres públicos deve ser devolvido integralmente em serviços à comunidade”, disse afirmou Cida.

A governadora também lembrou que nos sete meses de sua gestão, mais de R$ 150 milhões foram destinados a reformas em escolas por meio dos programas Escola 1000, Renova Escola e Reparo Rápido, em todos as regiões do Paraná. “Já programamos de R$ 200 milhões para 2019, para que esses projetos não parem e que se tornem programa de Estado”, disse Cida.

A governadora destacou que até o dia 20 de dezembro serão repassados, por meio do programa Escola Conectada, 4.000 netbooks, 2.500 retroprojetores e 4.000 mil impressoras, além do reforço da rede de dados (wi-fi) de 2 mil colégios.

O presidente do Instituto Fundepar, José Roberto Ruiz, destacou que nos últimos meses o governo tem investido regularmente na infraestrutura das escolas para melhorar a qualidade do ensino público estadual. “Estamos trabalhando com agilidade, respeitando os prazos e exigências legais, para assegurar a melhoria na infraestrutura das escolas estaduais e assim contribuir para a qualidade de ensino dos nossos estudantes”, afirmou Ruiz.

NOROESTE

Os colégios atendidos no Noroeste são Arthur Costa (Floresta), Monteiro Lobato (Floresta), Olavo Bilac (Itambé), Giampero Monacci (Itambé), João XXIII – Colégio da Polícia Militar (Maringá), Presidente Kennedy (Maringá), Dr. José Gerardo Braga (Maringá), Vera Cruz (Mangaguari), Princesa Izabel (Paiçandu), Vercindes G. dos Reis (Painçandu) e Cecília Meireles (Santa Fé).

A Escola Princesa Izabel, que tem 1.100 alunos em três turnos, recebeu R$ 886 mil. Os recursos serão aplicados em reparos, pisos, janelas e portas. “Com certeza esse repasse veio em boa hora e vai beneficiar todos os estudantes, professores e a comunidade”, disse a diretora Rosangela dos Santos.

O diretor do colégio Vera Cruz, Dilson Bortolanza, vai aplicar os R$ 387 mil repassados pelo Estado na construção de uma cozinha e no refeitório. “Temos que melhorar esses espaços, que foram feitos de maneira adaptada, mas que agora precisam ser modificados. Isso vai dar garantia de uma alimentação higienizada e adequada aos nossos mais aos nossos 1.200 alunos”, disse.

OUTRAS REGIÕES

Nos próximos dias serão entregues as ordens de serviços para construção, ampliação, reparo e conclusão de quadras poliesportivas em escolas de outros 15 municípios. O investimento chega a mais de R$ 18,7 milhões.

Um deles é o Colégio Estadual Talita Bresolin, em Califórnia, Norte do Paraná. Lá a quadra esportiva será restaurada, as salas de aulas terão novos pisos e revestimentos, além de pintura. “O reparo oferece mais um incentivo aos alunos, que ajudam a cuidar e manter. Há também um reflexo na comunidade, que passa a ter um outro olhar para a escola”, afirmou a diretora, Maria de Fátima Domingues.

Outros R$ 17,8 milhões para construção, ampliação e reparo já podem ser licitados, via pregão eletrônico ou concorrência pública. Com isso, serão beneficiados 17 colégios estaduais em cidades do Paraná. Duas obras de reparo, no Colégio Estadual do Campo Agrônomo Hintz, em Cândido de Abreu, e o Colégio Estadual Sílvio Vidal, em Paranavaí, já estão em fase de conclusão e aguardam processos de documentação final. Juntas, as intervenções somaram mais de R$ 1,7 milhão em investimentos.

A escola não recebeu melhorias há quarenta anos. Houve uma renovação, uma transformação, é outra escola. A autoestima dos alunos aumentou”, comentou a diretora do colégio Sílvio Vidal, Maria Aparecida de Souza. “Inclusive o número de matrículas para o ano que vem aumentou de 800 para 1.200 alunos”, acrescentou.

PRESENÇAS

Participaram da solenidade os secretários da Fazenda, José Luiz Bovo; e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Décio Sperandio; os presidentes da Sanepar, Ricardo Soavinski;  do Tecpar, Júlio Félix; do IAP, Luiz Carlos Manzato; da Acim, Michel Felipe Soares; e da Amusep, André Luiz Bovo; o reitor da UEM, Júlio Damasceno; a comandante-geral da PM, coronel Audilene Dias Rocha; o chefe do Estado-maior da PM, Antonio Zanatta; o deputado federal Ricardo Barros e os deputados estaduais Tiago Amaral e Jonas Guimarães.

Confira AQUI as escolas beneficiadas.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: